( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( CLIQUE AQUI PARA OUVIR A RÁDIO ) ) ) ) ) ) ) ) ) ) )

. . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . .

terça-feira, 3 de julho de 2012

POLÍTICA DE PETROLINA PODE TER SURPRESAS

Domingos Sávio conversa com seu grupo e pode apoiar Fernando Filho


Vice-prefeito de Petrolina, Domingos Sávio (PSDB)


 
O atual vice-prefeito de Petrolina, Domingos Sávio, deve reunir o seu grupo político e seus aliados do PSDB até o final da semana para definir o rumo que tomará nesta eleição.

Depois de ter sido preterido por Lóssio na composição da chapa que concorrerá à reeleição, Domingos e seus aliados começaram a se articular para definir o posicionamento do grupo. Com a indicação de Guilherme Coelho, Lóssio conseguiu fazer um racha no PSDB de tamanho imensurável e que pode trazer péssimas consequências para sua eleição.

Conforme o Blogfolha.com apurou, o grupo de Domingos recebeu um convite, por telefone, do ministro da Integração nacional, Fernando Bezerra Coelho, para uma conversa com o vice-prefeito. A pauta seria o apoio à candidatura de Fernando Filho. De acordo com informações, o grupo deve sentar e ouvir o ministro e, depois, ponderar em um fórum interno para anunciar a decisão.

Sobre o possível apoio a candidatura petista de Odacy Amorim, apuramos que esse cenário não é debatido.

Outra baixa resultante desse apoio político é que, ao menos, três pré-candidatos a vereador do PSDB podem renunciar a candidatura por não concordarem com a indicação de Guilherme Coelho para a vaga.

Se Domingos Sávio se declarar traído, um grande estrago politico pode acontecer.


Fonte: Folha.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.