RADIO WEB JUAZEIRO : CLIMA RUIM ENTRE PRESIDENTE E EX-PRESIDENTE DOS EUA

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

CLIMA RUIM ENTRE PRESIDENTE E EX-PRESIDENTE DOS EUA

Trump acusa Obama de estar por trás de protestos e vazamentos contra ele

Presidente disse em entrevista que Obama e 'sua gente' são responsáveis por manifestações e vazamentos.

Por Agencia EFE
Barack Obama cumprimenta Donald Trump no Salão Oval da Casa Branca em encontro a pós a vitória do magnata (Foto: Reuters/Kevin Lamarque)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta terça-feira (28) em uma entrevista que seu antecessor Barack Obama está por trás dos vazamentos e dos protestos contra ele, apesar de ter reconhecido que tem um problema para transmitir sua mensagem.

Em uma entrevista ao programa matinal "Fox & Friends", Trump se referiu aos protestos contra legisladores republicanos e aos vazamentos de informações sobre sua equipe de governo: "Acredito que o presidente Obama está por trás delas, sua gente está, sem dúvida, por trás".

Trump afirmou que tem "algumas ideias" sobre quem estaria vazando informações à imprensa sobre o funcionamento da nova Casa Branca e de agências do governo e reiterou que ainda há "gente de outros governos, de outras administrações" no quadro de funcionários.

Trump também se referiu a uma informação da publicação "Politico" que assegurou que o porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, revisou os telefones de funcionários para confirmar que os vazamentos não vinham de seu departamento.

"Sean é um bom ser humano. Eu teria feito isto de outra maneira, mas estou de acordo", comentou Trump.

O presidente americano reconheceu que sua "mensagem não é boa" e deu uma nota "C ou C+" (um aprovação no limite) para a mesma, mas considerou ter um A (extraordinário) em "esforço" e "conquistas".

"Quando vejo histórias de que Donald Trump não preencheu centenas de cargos (de funcionários públicos em agências-chave), isso é porque, em muitos casos, não queremos preencher esses cargos", afirmou o magnata.

O novo presidente, que tem pouco mais de um mês no cargo, prometeu reduzir o número de funcionários públicos, mas os veículos de imprensa e alguns analistas seguem surpreendidos por sua falta de pessoal de alto perfil em ministérios como os Departamentos de Estado e de Defesa.

ORTHO100

ORTHO100
.