RADIO WEB JUAZEIRO : DOIS ESTUPRADORES VÃO PARAR NO XILINDRÓ

PARA VOTAR NA RADIO, CLIQUE AQUI

.

.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

DOIS ESTUPRADORES VÃO PARAR NO XILINDRÓ

Padrasto é preso por abusar da enteada de 12 anos; amigo também participava dos estupros

Resultado de imagem para Padrasto é preso por abusar da enteada de 12 anos; amigo também participava dos estupros
O homem exigia que a menina enviasse fotos íntimas diariamente para ele

 VN

Abusada há dois anos pelo padrasto identificado como Weber Aparecido, 45, uma menina de 12 anos se livrou da situação porque o pai descobriu. O homem foi preso em Caldas Novas, no sul de Goiás.

O personal trainer Wellington Soro, 27 anos, também foi preso por suspeita de envolvimento no caso. Na terça-feira (14), a Polícia Civil divulgou áudios aonde é possível ouvir o padrasto exigindo que a menina mandasse fotos íntimas: “Manda logo, estou com pressa”, manda.

O acusado mantém relacionamento com a mãe da vítima há cerca de cinco anos. Um dia o homem estuprou a criança na frente do amigo personal e ele exigiu que a criança fizesse sexo com ele também, caso contrário, revelaria o ocorrido.

Em janeiro deste ano, quando passava férias com o pai em Novas Crixás, ele descobriu que o padrasto abusava da menina, quando viu as mensagens no celular. Ele foi tirar satisfação com o homem, e foi ameaçado de morte.

Entre as mensagens, alguns áudios exigindo as fotos: “Cadê você, menina, aparece. Eu quero quatro fotos, manda logo que estou com pressa. Rapidinho, eu quero elas. Não é pra raspar, eu quero do jeito que tá (sic)”, disse, se referindo às partes íntimas da menina.

“Só quero que você me manda as minha fotos. Pode mandar já, já está de noite, estou esperando, já é quase nove. Tô esperando, beleza? O horário combinado é 21h30. Beijo, tchau”, diz ele em outro áudio.

Em depoimento a menina ela revelou que era abusada pelo padrasto e pelo amigo dele, personal trainer, e não contava para ninguém porque sofria ameaças.

De acordo com o jornal “O Popular”, a menina era obrigada a assistir a filmes pornográficos com os dois e a manter relação sexual com ambos simultaneamente.

O padrasto vai responder por estupro de vulnerável, aliciamento de menor e mediação para lasciva de outrem. O amigo dele, preso na segunda, vai responder por estupro de vulnerável e aliciamento.