RADIO WEB JUAZEIRO : INFORMATIVO SINDSEMP

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

INFORMATIVO SINDSEMP

SINDSEMP se reúne com superintendência do Hospital Universitário para e discute situação dos servidores cedidos à entidade



Visando as melhores condições de trabalho para os servidores municipais cedidos ao Hospital Universitário, a diretoria do Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina, SINDSEMP, se reuniu com a superintendência da entidade e uma comissão de três servidores que estavam de serviço no hospital, para tratar de assuntos referentes a distribuição da escala de trabalho, carga horária, férias, a situação dos plantões extras dentro da lei 301, que defende a remuneração e não folga negociada, e o processo da possível devolução de servidores ao município, tendo em vista a manifestação desse interesse, por parte de alguns.

O superintendente do HU, Ronald Joenir Mendes, deixa claro que é importante essa parceria do hospital, tanto com o sindicato, como com a secretaria de saúde, uma vez que todos saiam ganhando, inclusive a população assistida. Ronald afirma que o quantitativo de servidores municipais lotados no hospital é de extrema importância para o fechamento dos plantões, levando em consideração a demanda que está sobrecarregada. “Nós temos uma dificuldade de conseguir autorização no ministério do planejamento,para redimensionar o quadro de pessoal, e isso também nos leva a contar com o apoio da prefeitura e desse pessoal que trabalha aqui conosco, que é extremamente capacitado e qualificado”, conclui reafirmando que o interesse do hospital é de que todos continuem lotados lá.

A chefe da divisão de enfermagem do hospital, Vanicleide de Sá Nunes, considerou a reunião muito importante por discutir as relações de trabalho, e afirma entender as reivindicações em relação aos assuntos pautados. Sobre a devolução dos servidores municipais, ela enfatiza que pela dificuldade que o hospital vivencia, devido ao número reduzido de funcionários, entende que a devolução dos servidores municipais, no momento, proporcione um desfalque que prejudicará muito seu funcionamento. “A gente sabe, que neste momento, não é possível disponibilizar todos os servidores, a gente teria que fechar leitos se tivesse esse quantitativo fora do hospital”, explicou.

O presidente do SINDSEMP, Walber Lins, entende que o gerenciamento das atividades do HU seja de responsabilidade da superintendência, e que o gerenciamento dos servidores municipais cabe à secretaria de saúde, e atuando na defesa do servidor espera que se chegue à melhor solução para todos. “Nós queremos realmente chegar a uma discussão salutar, que leve a crer que o objetivo seja comum entre o hospital universitário, secretaria de saúde e servidor, no caso, sindicato, e trazendo o benefício à população, que não pode ser prejudicada, sem sobrecarregar o servidor”, finalizou.


ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

ORTHO100

ORTHO100
.