RADIO WEB JUAZEIRO : MULHER SE ARREPENDE DE CASAMENTO E VIRA HOMEM

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

MULHER SE ARREPENDE DE CASAMENTO E VIRA HOMEM

Americano transgênero vira fisiculturista após se arrepender de casamento

 
Extra

Quem encontra Cody Harman, de 30 anos, mal pode acreditar que há poucos anos, ele era uma mulher e chegou a se casar, com direito a véu e grinalda. Hoje, com o corpo transformado por hormônios masculinos e cirurgias, o americano conta que encontrou a felicidade. E quer ajudar aqueles que pensam em passar por um processo de transição de gênero, por meio de um canal de vídeos no YouTube.

Cody conta que se casou em 2008, quando ainda se identificava como uma mulher. Na ocasião, ele já se sentia diferente, mas não falava sobre seus sentimentos por medo da reação de parentes e amigos.

"Eu sabia que estava fazendo algo errado ao me casar, mas eu não sabia o que dizer para as pessoas. Eu sou muito mais feliz agora, vivendo como um homem. Agora, eu tenho o corpo que sempre quis ter", diz o americano, que acrescenta: "Quando encontro algúem que não me vê há algum tempo, eles não acreditam que sou eu".

Cody mostra antes e depois de transformação
 Foto: Instagram / Reprodução

Em 2011, o então casal, que havia se mudado para a Alemanha, se separou. Cody voltou para os Estados Unidos, onde estava estudava Gastronomia. No ano seguinte, ele tomou coragem e decidiu assumir a homossexualidade para a família. Em 2013, então, abriu o jogo e contou a todos que era transgênero.

"Minha mãe chorou de início, mas agora ela está feliz para mim", conta.

Cody agora é fisiculturista Foto: Instagram / Reprodução

Logo, Cody começou uma série de transformações para ficar com o corpo mais masculino. Em 2014, ele passou por uma dupla mastectomia e, depois, por uma cirurgia para a retirada do útero.

Cody já retirou os seiso
 Foto: Instagram / Reprodução

Em 2016, ele começou a praticar exercícios físicos por determinação médica. O americano curtiu a atividade e agora é um fisiculturista, tendo já participado de torneios locais. E garante: treina muito. Ao menos seis vezes na semana.

Agora, por um canal de vídeos no Youtube, ele grava mensagens de ajuda a outros trangêneros. "Minha mensagens para os outros é que a vida é curta. Por isso, não podemos desistir (dos sonhos)", diz.

As informações são do jornal "The Mirror".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

ORTHO100

ORTHO100
.