RADIO WEB JUAZEIRO : POPULAÇÃO DE PETROLINA GANHA RESTAURANTE POPULAR REFORMADO

PARA VOTAR NA RADIO, CLIQUE AQUI

quarta-feira, 12 de abril de 2017

POPULAÇÃO DE PETROLINA GANHA RESTAURANTE POPULAR REFORMADO

Restaurante Popular de Petrolina é reaberto e população comemora

Após mais de três meses fechado, o Restaurante Popular de Petrolina foi devolvido à população na manhã de hoje, dia 12, depois de passar por uma reestruturação. Ele estava desativado desde o final do ano passado porque, segundo a prefeitura, não existiam condições de funcionamento.


Na oportunidade, o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (PSB), falou da satisfação de entregar o restaurante de volta para a população e da importância do equipamento par a cidade. “Cada dia esse restaurante fechado, é mais um dia para muitas pessoas não terem onde almoçar e jantar e isso nos perturbava. [Agora] estamos com sorriso nos olhos e alma leve: ele [Restaurante Popular] está bonito e pronto para receber a população mais uma vez”, destacou.



A intervenção no restaurante popular recebeu investimentos de $ 130 mil para reestruturação da parte física e compra de novos equipamentos. Uma alegria muito grande para o senhor José Caldas de Santana, o famoso Zequinha da Cohab Massangano, que é um dos frequentadores mais antigos do restaurante popular. “Era bom, mas ele vai ser melhor daqui para frente. É bom para o bolso, para fome, para a saúde e para a amizade. Já vou mandar a mulher “emborcar” as panelas que a gente vai é comer aqui no Restaurante Popular agora”, brincou o comunitário.


Quem também esteve presente no local foi o presidente da Câmara de Vereadores de Petrolina, Osório Siqueira, que destacou o desempenho da gestão municipal para entregar o equipamento de volta à população. “As dificuldades são grandes e o Restaurante Popular precisava dessa reforma. Isso é importante para as pessoas que precisam”, disse.


E falando em entregar o prédio de volta a população, o prefeito Miguel Coelho fez um pedido importante. Ele destacou que o restaurante popular pertence ao povo e é ele que deve cuidar do patrimônio. “Cuidam como fosse de vocês. Isso não é da prefeitura, isso é de vocês. Se vocês não cuidarem, não vai ter dinheiro o suficiente para está sempre fazendo reforma. Quem perde com isso é a população que mais precisa”, destacou.

O equipamento público oferecerá 800 refeições durante o dia e 300 sopas no período noturno, tudo com acompanhamento de nutricionistas. O almoço custará $1,50 e o jantar $0,50.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.