RADIO WEB JUAZEIRO : EX-GOVERNADOR DO RIO É TRANSFERIDO DE CADEIA

PARA VOTAR NA RADIO, CLIQUE AQUI

.

.

segunda-feira, 29 de maio de 2017

EX-GOVERNADOR DO RIO É TRANSFERIDO DE CADEIA

Ex-governador Sérgio Cabral passa a primeira noite em cadeia de Benfica

Cardápio é composto desjejum, almoço, jantar e lanche. Transferência foi feita às 10h deste domingo (29).

Por G1 Rio

O ex-governador Sérgio Cabral, transferido neste domingo (28) para a cadeia pública José Frederico Marquês, nova unidade prisional construída em Benfica, na Zona Norte do Rio, chegou à unidade durante a tarde e aceitou as refeições que foram oferecidas. De acordo com o assessoria da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), Cabral jantou na noite de domingo e tomou café nesta manhã (29).

O cardápio é composto por café com leite, pão e manteiga no desjejum; arroz, feijão ou macarrão, carne, peixe ou frango e legumes no almoço e jantar; bolo e suco no lanche.

Foto tirada em novembro de 2016, quando o ex-governador foi preso e levado para o presídio de Bangu 8 (Foto: Reprodução)

A transferência dele e de outros presos da Lava Jato foi feita por ao menos dez carros da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) e começou por volta de 9h. eles começaram a chegar na Cadeia Pública José Frederico Marques às 10h.

A nova ala é destinada a presos de nível superior e casos de não pagamento de pensão alimentícia. São 146 presos.

Imagens mostram chegada de comboi com Sérgio Cabral ao antigo Batalhão Especial Prisional (BEP). (Foto: Reprodução / GloboNews)

Transferência chegou a ser proibida

Na quarta (24), a Vara de Execuções Penais (VEP) chegou a proibir a transferência. A decisão era válida até que fosse instalada uma câmera de segurança com vista para o acesso de pessoas e veículos na entrada da unidade. Segundo a Seap, o problema já foi resolvido.

A ala citada na decisão passou por uma reforma que custou R$ 26 mil e foi feita por presidiários.

A nova área da cadeia é monitorada por 32 câmeras, incluindo o pátio de visitas e o banho de sol. Com as intervenções, são mais 162 vagas, que vão ser usadas para detentos da Lava Jato com curso superior e também pra quem for por preso porque não paga pensão dos filhos.

As celas têm capacidade para seis presos, em 16m². Elas têm três beliches, um banheiro com vaso sanitário, pia e um chuveiro com água fria. Cada detento tem direito a uma tomada e pode levar um ventilador. Também tem lugar para instalação de uma TV de 14 polegadas. No entanto, na entrada do presídio não há detector de metais e nem bloqueadores de celulares.