RADIO WEB JUAZEIRO : OPINIÃO DO LEITOR

terça-feira, 9 de maio de 2017

OPINIÃO DO LEITOR

Ser de Direita!? Ser de Esquerda?!




Importante fazer o debate política social, com base na filosofia, na ciência e até nas distorções propositadas das informações!... É salutar ponderar sobre ser de Esquerda e da Direita, com verdadeiros respectivos detalhamentos!

O que tem relação com a Esquerda: a defesa do direito social; a atitude solidária; o senso de justiça; o interesse público; a democracia/liberdade; a busca do estado de paz; a defesa da economia solidária; a organização da produção cooperativada; a promoção da verdade; a organização popular; a defesa das políticas públicas; o comportamento fraterno; a coletivização; os movimentos sociais – resumem a natureza da ideologia socialista/comunista, da esquerda no mundo.

O caráter da Direita: o individualismo; ilegalidade; o egoísmo; a ilicitude; o oportunismo; o fisiologismo; a perseguição; a guerra; a natureza criminosa (...); o egocentrismo; o caos social; as violências; a falsidade; a deslealdade; a opressão; a retaliação; a injustiça; o roubo – resumem o perfil da ideologia capitalista/imperialista, da Direita no planeta.

Por serem de naturezas contrárias à Esquerda e a Direita conflitam, divergem contrariam entre si no campo da teoria, da filosofia, da disputa política ideológica, na organicidade das classes sociais e nas ideias. A maior dificuldade da Esquerda sempre foi, e é os costumes e as mazelas criadas e deixadas pela Direita. Cabe sim, controvérsias na duas supra afirmações: seja por diferentes formas de se ver as coisas; pela pluralidade de ângulo; o processo cultural de manipulação da sociedade; seja pela legítima diferença ideológica entre as pessoas!... Afinal de contas, esse debate político não começou e nem termina aqui!

Duas ideologias antagônicas movem o mundo: a “direitista” capitalista/imperialista e a “esquerdista” socialista/comunista. Filosoficamente é afirmado que não existe mais de duas ideologias, porém, existem termos atribuídos a determinados períodos/fases do processo de transição política social histórico: “social democracia; ditadura do proletariado; ditadura militar; fundamentalismo; primitivismo; neoliberal; coronelismo; feudalismo; colonialismo” – numa distorção histórica das informações sobre isso, para o povão nunca entender, nem compreender.

Os termos Direita e Esquerda surgiram na França no Século XVII numa reunião de um “Rei” com um colegiado legislativo (Google) – numa votação onde quem votou a favor do social foram orientados a posicionar-se ao do lado esquerdo da Mesa e os opostos, do lado direito!... Estudo de especialista diz que a definição ideológica é feita pela genética, especificamente, por uma membrana do lado de dentro do crânio, chamada “córtex”, que aqui no interior é chamado de “tutano/miolo”.

No Brasil, as entidades relacionadas com a Esquerda - as organizações dos trabalhadores, são: cooperativas; sindicatos; associações; centrais sindicais; colônias de pescadores; grêmios estudantis e os partidos de esquerda (PT, PC do B, PSOL, PSTU, PCO, REDE...) e que têm o DNA da ideologia socialista/comunista!... As entidades relacionadas com a Direita, são: FEBRABAN; UDR; FIESP; (...) – os seus partidos: PSDB; DEM; PTB; PP; PMDB; e outros, são da ideologia capitalista/imperialista. São representados pelas chamadas “elites econômicas financeiras” (...) que representam 5% a 15% da população, a depender de como cada pessoa entenda do que e como é ser “rico”.

Naturalmente, os processos de luta, o envolvimento pessoal, a manipulação sistemática, desenvolvem cada ideologia, e/ou pode alterá-la em determinadas pessoas. Observo com “pesar” como trabalhadores, pessoas pobres e até muito carentes pensam que são da outra classe social e vive a defender a política da ideologia oposta à da classe social indiferente da deles, num claro resultado da manipulação feita pelos grandes meios de comunicação dos “ricos”.

Eu tenho o processo criação do Estado, a federalização, Municípios, Estados e União (governos) como algo de extraordinária importância social – as leis que norteia a gestão pública são de uma extraordinária grandeza e vocação socialista/comunista!... Os costumes capitalistas são que são deformadoras de mentes, condutas e caráteres humanos, alienadores de pessoas para servirem ao referido sistema!

Fazer o debate cotidiano e a disputa política e eleitoral com respeito a qualquer pensamento oposto, é legítimo e importante na busca do poder institucional!... Preocupa e indigna a despolitização no debate, a via antidemocrática da disputa, a agressão pessoal no tratamento político e vê/ver nos comportamentos pessoais, inclusive de autoridades, assim como certas matérias jornalísticas tendenciosas e com clareza de relação com a corrupção.

Laurenço Aguiar – Militante Socialista.

ORTHO100

ORTHO100
.