PARA VOTAR NA RADIO, CLIQUE AQUI

.

.

segunda-feira, 8 de maio de 2017

RÚSSIA VAI BOMBARDEAR NUVENS COM PRODUTOS QUÍMICOS

Rússia vai dissolver nuvens para o desfile do Dia da Vitória


Aviões da Força Aérea russa intervirão durante todo o dia de amanhã para dissolver as nuvens sobre Moscou por conta do Dia da Vitória sobre os nazistas, a festa mais importante da Rússia, que é celebrada no dia 9 de maio.
O Dia da Vitória sobre os nazistas é a festa mais importante da Rússia
Foto: Reuters

O Ministério de Defesa russo informou nesta segunda-feira que nove aviões Antonov-12 e Antonov-26 da aviação militar de transporte serão os encarregados de "atacar" as nuvens para melhorar o clima, que hoje consiste em chuva e neve, para que haja sol.

"Os voos acontecerão desde as 0h do dia 9 e ao longo de todo o dia", apontou o Ministério.

As tripulações, especialmente treinadas para esse tipo de tarefas, injetarão produtos químicos nas nuvens para afastá-las de Moscou, desde alturas de entre 3 mil a 8 mil metros.

As tecnologias para dissolver as nuvens são usadas na Rússia tradicionalmente para melhorar o tempo nas grandes festas, especialmente no Dia da Vitória, no Dia da Cidade e, mais recentemente, no Dia da Rússia.

A chuva não deixou de cair sobre Moscou desde a passada madrugada, e o prognóstico meteorológico para as próximas horas e amanhã é de mais chuvas, neve e fortes sequências de vento.

Por isso, uma vez mais as autoridades recorrerão à técnica para remediar os caprichos da Natureza.

A tecnologia de "semear" ou "disparar" nas nuvens foi criada na época soviética.

O processo de dissolução de nuvens e realizado a uma distância de entre 50 e 150 quilômetros do ponto concreto no qual se quer garantir o bom tempo.

Em função do tipo de nebulosidade, são utilizados diferentes compostos químicos, para fazer com que as nuvens que avancem sobre o céu de Moscou estejam "desidratadas".

Mais de 10 mil soldados e cem unidades de blindados e maquinaria bélica desfilarão amanhã pela Praça Vermelha no tradicional desfile da Vitória.