RADIO WEB JUAZEIRO : CLIMA QUENTE NA SESSÃO DA CÂMARA DE VEREADORES DE PETROLINA

sexta-feira, 9 de junho de 2017

CLIMA QUENTE NA SESSÃO DA CÂMARA DE VEREADORES DE PETROLINA

Briga entre os vereadores Cristina e Ronaldo vai parar na Justiça

por Mônia Ramos 


O embate entre os vereadores de Petrolina Cristina Costa (PT) e Ronaldo Silva (PSDB) dá sinais que apenas começou. A petista diz que não vai se retratar e o tucano ameaça cassar o mandato da colega. Em contraponto ao pedido de cassação de seu mandato, Cristina avisa que encaminhou no mês de Maio um requerimento ao Conselho de Ética para a mesa diretora da Câmara Municipal contra o vereador. 

De acordo com Cristina as divergências continuam, enquanto isso ela aguarda a resposta da mesa da Casa. “A mesa diretora é soberana, representa essa instituição, eu sou um membro desse parlamento (…) essa mesa diretora que esta aí não foi a que eu votei, mas como foi a que ganhou, é a mesa que coloco as críticas e que eu respeito”. 

Ronaldo além de enviar um requerimento também ao legislativo, ajuizou uma denúncia contra a petista alegando danos morais, injúria e difamação. “Está em andamento e eu faço questão de comunicar a imprensa para que acompanhe esse processo e se possível o resultado da primeira audiência”.

Os dois parlamentares que na legislatura anterior eram cordiais e defenderam projetos juntos, perderam o controle já no início deste ano. O bate-boca aconteceu no dia 11 de maio, durante sessão ordinária, enquanto a vereadora petista usava a tribuna da Casa Plínio Amorim. A petista defendia o ex-presidente Lula (PT), que em depoimento ao juiz Sérgio Moro um dia anterior, tinha negado as acusações que lhe concernem à operação Lava Jato, quando Ronaldo interpelou: “Não fale nesse ladrão aqui mais não, vereadora”, gritava Ronaldo Silva ao microfone. Cristina não gostou e os dois discutiram fortemente, tendo que ser contidos pelos colegas.

ORTHO100

ORTHO100
.