RADIO WEB JUAZEIRO : INFORMATIVO DA SSP

PARA VOTAR NA RADIO, CLIQUE AQUI

.

.

quinta-feira, 15 de junho de 2017

INFORMATIVO DA SSP

Ações de segurança pública zeram ataques a bancos na Chapada
 Criada há pouco mais de um ano, a Companhia Independente de Policiamento Especializado vem combatendo com eficiência este tipo de crime na região.

Ações da Companhia Independente de Policiamento Especializado da Chapada Diamantina (Cipe/Chapada)conseguiram zerar os ataques contra instituições financeiras em 41 municípios da região, nos últimos seis meses. Nesta segunda-feira (12), somaram-se 180 dias sem roubos a bancos, terminais de autoatendimento e carros-fortes.

O comandante da Cipe/Chapada, major PM Ricardo Passos, listou algumas das ações desenvolvidas nos últimos meses e que se mostraram eficientes no combate a quadrilhas especializadas nesta modalidade criminosa. “Estamos mantendo um contato próximo e permanente junto a gerentes de agências bancárias, além de acompanhar a chegada de veículos que fazem o transporte de dinheiro”, exemplificou.

A participação popular também tem contribuído com o trabalho da polícia. Um número de um aplicativo de mensagens instantâneas foi disponibilizado e vem sendo utilizado para denunciar atividades estranhas. “Temos uma relação de confiança e proximidade com a comunidade, o que resulta em informações prévias a respeito de ações e de presença de pessoas suspeitas”, frisou o comandante da Cipe/Chapada.

As cidades cobertas pela companhia – criada em 2016, para reforçar a segurança no interior e combater quadrilhas especializadas, são: Abaíra, Andaraí, Boa Vista do Tupim, Boninal, Bonito, Boquira, Botuporã, Brotas de Macaúbas, Caturama, Dom Basílio, Érico Cardoso, Iacu, Ibipitanga, Ibiquera, Ibitiara, Ipirá, Ipupiara, Iraquara, Itaberaba, Itaetê,Jussiape, Lajedinho, Lençóis, Livramento de Nossa Senhora, Macajuba, Macaúbas, Marcíonilio Souza, Mucugê, Nova Redenção, Novo Horizonte, Oliveira dos Brejinhos, Palmeiras, Paramirim, Piatã, Rio de Contas, Rio do Pires, Ruy Barbosa, Seabra, Tanque Novo, Utinga e Wagner.

Redução na Bahia

De 1 de janeiro a 31 de maio de 2017, comparado com o mesmo período do ano passado, os roubos a bancos na Bahia diminuíram 13%. Em números absolutos as ações de inteligência e operações policiais evitaram seis explosões ou arrombamentos. Neste ano foram registrados 40 casos, contra 46 em 2016.

“Estamos trabalhando com redução em cima da redução. Em 2016, numa comparação com 2015, fechamos com um decréscimo de 54,4%. Ficamos entre os três estados que mais diminuíram esta modalidade criminosa. Isso é resultado do investimento feito no interior em novas estruturas, viaturas, Centros Integrados de Comunicação, Base Avançada do Grupamento Aéreo (Graer), além da união de esforços com outros estados”, disse o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

Lembrou que recentemente foi realizada uma grande operação em conjunto com a polícia de Goiás e Polícia Federal. “Importante também divulgarmos a produtividade da polícia baiana. Este ano apreendemos 48 armas (entre elas sete fuzis), em 2016 foram 20 tiradas de circulação”, informou Barbosa. Complementou que 42 criminosos foram capturados, representando a desarticulação de cinco quadrilhas, e que outros 20 assaltantes morreram durante confronto.
 

Assessoria de Comunicação
Secretaria da Segurança Pública da Bahia