RADIO WEB JUAZEIRO : VEJA O VÍDEO - CENTENAS DE ARMAS SÃO ROUBADAS DE FÓRUM

segunda-feira, 19 de junho de 2017

VEJA O VÍDEO - CENTENAS DE ARMAS SÃO ROUBADAS DE FÓRUM

Após roubos, Alckmin diz que armas não deveriam ficar em fóruns

No sábado, 391 armas foram roubadas de Fórum de Diadema. Para governador, tribunais estão com dificuldade de encaminhar armas para Exército.

Por Will Soares, G1 SP, em São Paulo
Bandidos levam arsenal de de armas do Fórum de Diadema

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou nesta segunda-feira (19) que os fóruns do estado não devem mais guardar armas de fogo. Segundo ele, a regra sempre foi esta, mas vinha sendo descumprida pelo Poder Judiciário. No último sábado, criminosos renderam vigilantes e roubaram 391 armas do Fórum de Diadema, na região do ABC Paulista, e no último dia 3, 175 armas foram levadas do Fórum do Guarujá, no litoral.

"Não deve ficar nenhuma arma em fórum. Nenhuma. As armas que puderem ser destruídas devem ser encaminhadas ao Exército, que é quem faz a destruição, então ficaria sob a guarda do Exército. As armas que ainda não podem ser destruídas, porque fazem parte do processo, devem ficar sob a guarda da Polícia Militar", disse o tucano durante visita às obras da Estação Engenheiro Goulart, da CPTM, na Zona Leste da capital.

De acordo com Alckmin, o procedimento, que deveria ser padrão, não vinha sendo seguido à risca pelo tribunais de Justiça. "O Poder Judiciário parece que estava tendo dificuldade de encaminhar as armas para o Exército. O volume de armas é muito grande e eles estavam com dificuldade", explicou.
Alckmin em obra da CPTM na Zona Leste (Foto: Will Soares/G1)

Segundo o governador, uma reunião entre o secretário de Segurança Pública, Mágino Alves, e a corregedoria do Poder Judiciário será realizada ainda nesta segunda para buscar alternativas para a "dificuldade" citada. "Se tiverem dificuldade, a Polícia Militar também faz a guarda das armas até que sejam destruídas. Não pode ter arma em Fórum. O Fórum não tem a segurança para enfrentar quadrilhas", sugeriu.

Alckmin afirmou ainda que as polícias Civil e Militar estão em um "mutirão" para prender os criminosos que atacaram o Fórum de Diadema. As câmeras de segurança do local estavam desativadas e, portanto, não ajudarão na resolução do caso. "Dentro do Fórum não estavam funcionando as câmeras de vídeo, mas na rua tinha câmera de vídeo. Então, por essas câmeras eles já estão trabalhando", minimizou o governador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

ORTHO100

ORTHO100
.