RADIO WEB JUAZEIRO : CRIME COM REQUINTES DE CRUELDADE EM FEIRA DE SANTANA

10 MESES DE ADMINISTRAÇÃO: QUE NOTA VOCÊ DÁ PARA O PREFEITO DE JUAZEIRO?

sexta-feira, 14 de julho de 2017

CRIME COM REQUINTES DE CRUELDADE EM FEIRA DE SANTANA

Dupla é condenada por matar homem com 100 golpes de tesoura na BA

Antônio e Thiago foram condenados a 23 anos de prisão
Aldo Matos | Reprodução | Acorda Cidade

Dupla é condenada por matar um homem com cerca de 100 golpes de tesoura na cidade de Feira de Santana (a 109 quilômetros de Salvador). O julgamento aconteceu nesta quinta-feira, 13, e Thiago Santos Gomes, o “Zoi”, recebeu pena de 23 anos e 80 dias de prisão e o comparsa dele, Antônio Carlos Machado dos Santos, o “Júnior Pato”, a 23 anos e 6 meses.

A vítima, o ex-presidiário Edmilson de Jesus Alves, 39 anos, foi morta no início de 2016. O corpo foi encontrado em uma cova rasa em fevereiro de 2016 já em estado de putrefação. Segundo o site Acorda Cidade, Edmilson foi torturado e começou a ser golpeado com a tesoura ainda vivo.

“É como se eles estivessem tentando arrancar a cabeça da vítima com tesouradas, a vítima estava viva no momento em que estava recebendo os golpes de tesoura. Eles apedrejaram e deformaram o rosto da vítima. Pela distância, eles tiveram dificuldades de levar o corpo do local onde foi praticado o crime até onde o corpo foi enterrado", afirmou o delegado Jean Souza, titular da Delegacia de Homicídios, ao Acorda Cidade.

Ele ainda contou que acredita que os criminosos "tenham usado animais para conduzir o corpo, uma vez que percebemos a presença de muitos cavalos por aqui. 'Zoi' informou quem participou do crime, além dele, e conseguimos elucidar mais este crime bárbaro na cidade de Feira de Santana”.

O crime foi filmado e o vídeo foi divulgado pelo WhatsApp. As imagens foram exibidas durante o julgamento. A defesa negou o envolvimento de Thiago e Antônio no crime, argumentando que os rostos dos acusados não aparecem no vídeo. Contudo, essa versão não convenceu o júri, que considerou também outras provas apresentadas no julgamento.

O coordenador regional de polícia, João Rodrigo Uzzum, informou que os autores chegaram a confessar o crime alegando legítima defesa. Eles defendem que eram ameaçados pela vítima. Thiago e Antônio fazem parte de facções criminosas.

Edmilson foi torturado e golpeado com tesouradas ainda vivo
(Foto: Aldo Matos | Reprodução | Acorda Cidade)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

ORTHO100

ORTHO100
.