RADIO WEB JUAZEIRO : PF APREENDE QUASE 1 TONELADA DE COCAÍNA

quarta-feira, 19 de julho de 2017

PF APREENDE QUASE 1 TONELADA DE COCAÍNA

Segundo a PF, droga era obtida em Cáceres e era enviada principalmente para São Paulo. Ainda na investigação, policiais apreenderam quase uma tonelada da droga.


Por G1 MT
Carregamento de 400 kg de pasta base de cocaína, que estava em avião que fez pouso forçado, foi apreendido durante a investigação (Foto: Polícia Federal de Mato Grosso)

Uma operação para prender cinco pessoas envolvidas com tráfico de cocaína é realizada nesta quarta-feira (19) pela Polícia Federal em Mato Grosso e em São Paulo. Segundo a Polícia Federal, devem ser cumpridos cinco mandados de prisão preventiva e cinco mandados de busca e apreensão. Outras cinco pessoas foram presas durante a fase de investigação, depois que um avião com 400 kg de pasta base de cocaína fez pouso forçado em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá.

Avião com pasta base de cocaína fez pouso em Tangará da Serra, no dia 23 de abril (Foto: Divulgação/PM-MT)

A operação, chamada de ‘Transbordo’, tem mandados a serem cumpridos em Cuiabá (MT), Várzea Grande (MT), Tangará da Serra (MT), Rondonópolis (MT), São Carlos (SP), Pedreira (SP) e São José do Rio Preto (SP). De acordo com as informações da polícia, a droga era obtida na região de Cáceres, a 220 km de Cuiabá, e tinha como principal destino o estado de São Paulo.

Além dos mandados, a Polícia Federal deve ouvir depoimento de outros investigados que já foram presos no curso da investigação. Conforme a PF, as investigações tiveram início há aproximadamente cinco meses e estavam baseadas em Várzea Grande, na região metropolitana da capital.

Durante a fase de investigação, foram feitas prisões de nove pessoas que teriam envolvimento com a organização criminosa. No total foram apreendidos 937 kg de pasta base de cocaína, uma aeronave e diversos veículos utilizados no transporte da droga ou que foram adquiridos com valores provenientes do tráfico.

A Terceira Vara Criminal de Várzea Grande determinou o bloqueio de contas bancárias utilizadas pelos investigados, além do sequestro de bens.

ORTHO100

ORTHO100
.