RADIO WEB JUAZEIRO : A CONTRA GOSTO, A REVISTA VEJA TERÁ QUE DAR DIREITO DE RESPOSTA À IRMÃ DE AÉCIO NEVES

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

A CONTRA GOSTO, A REVISTA VEJA TERÁ QUE DAR DIREITO DE RESPOSTA À IRMÃ DE AÉCIO NEVES

Justiça obriga Veja a conceder direito de resposta a Andrea Neves por acusação falsa
Foto: Divulgação


O juiz Paulo Henrique Garcia, da 1ª Vara Cível do Foro Regional de Pinheiros, em São Paulo, determinou que a revista Veja publique direito de resposta da jornalista Andrea Neves, irmã do senador Aécio Neves (PSDB). De acordo com os autos, a revista publicou uma reportagem em abril, em que é dito que uma propina para Aécio foi depositada por meio de uma conta em Nova York, que seria operada por sua irmã. A declaração seria do executivo Benedito Junior, um dos delatores da Odebrecht na operação Lava Jato. Andrea nega a existência das acusações nos depoimentos de Benedito Junior. A Veja respondeu à Justiça que, a íntegra da delação ainda é sigilosa, não podendo garantir que a informação publicada está errada. Disse ainda que é notório que Andrea operou recursos financeiros de Aécio e responde a um inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF). A revista ainda diz que a acusação é um “dado secundário” da reportagem, e a versão da jornalista foi publicada no próprio texto. Para o juiz, a análise da delação demonstra que ele diz nunca ter feito pagamento em conta do exterior para nenhuma autoridade pública. Apesar de reconhecer que a revista ouviu a parte ofendida, o juiz considerou que a informação era falsa, e deve, portanto, ser retificada por meio de direito de resposta. “O simples fato de alguém ser investigado não autoriza os órgãos da imprensa [a] imputar àquele a prática infundada de outros delitos ou sustentar a presença de provas que não existem contra a pessoa”, diz trecho da decisão. Caso não cumpra a decisão, a revista terá que pagar multa diária de R$ 50 mil. Ainda cabe recurso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

ORTHO100

ORTHO100
.