RADIO WEB JUAZEIRO : 'A ECONOMIA BRASILEIRA NÃO SUPORTA MAIS AUMENTO DE IMPOSTOS' AFIRMOU ACM NETO

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

'A ECONOMIA BRASILEIRA NÃO SUPORTA MAIS AUMENTO DE IMPOSTOS' AFIRMOU ACM NETO

Empresários do comércio vão se mobilizar contra a alta de impostos

Joyce de Sousa

'A economia brasileira não suporta mais aumento de tributos', afirmou ACM Neto
Joá Souza | Ag. A TARDE | 05.12.2016

Mobilizar os empresários do comércio da Bahia contra qualquer tentativa de aumento de impostos por parte do governo federal é a atual bandeira da Federação do Comércio do Estado (Fecomércio-BA). Pelo menos, foi o compromisso assumido nesta quarta-feira, 9, pelo presidente da instituição, Carlos Andrade, durante a solenidade de comemoração dos 70 anos da entidade.

Andrade antecipou que a Federação pretende organizar um seminário "que deve reunir as principais lideranças empresariais para discutir questões tributárias, bem como alternativas a serem apresentadas ao governo, que passem pelo controle das despesas, evitando novos sacrifícios ao setor produtivo e à sociedade, apenas por conta do foco de apenas aumentar as receitas", como explicou. Outra medida prevista é a intensificação da ofensiva junto à frente parlamentar de defesa dos interesses do setor.

Diante da apreensão e pressão dos comerciantes baianos, o prefeito ACM Neto, que é companheiro de partido e amigo pessoal do presidente da Câmara dos Deputados, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), tratou a questão no discurso. Revelou que, assim que surgiram os rumores de governo poderia elevar impostos, chegou a ligar para Maia. "Obtive dele a confirmação de que não deixará passar facilmente matéria que represente mais ônus para a sociedade brasileira", assegurou.

"A economia brasileira não suporta mais aumento de tributos e eu, como governante, mesmo sabendo que poderia obter mais repasses com aumento da arrecadação, também sou contra a esse tipo de medida", completou Neto, ao conceder entrevista aos jornalistas. O governador Rui Costa (PT) foi representado no evento por secretários.

Selo e medalha

A importância da atuação da Fecomércio-BA em defesa dos direitos do setor nas últimas sete décadas foi evidenciada por lideranças empresariais e autoridades presentes. No evento, realizado no Cerimonial Rainha Leonor, em Salvador, foram lançados selo, medalhas e carimbo alusivos à data, todas estampadas com a imagem da Casa do Comércio, sede da instituição e ícone da moderna arquitetura da Avenida Tancredo Neves, na capital baiana. Houve homenagem ainda para os sindicatos fundadores.

Comerciários

O presidente da Fecomércio-BA lembrou que, além de representar os interesses do empresário do setor, a entidade consolidou-se como uma instrumento de apoio ao comerciário. "Temos dois braços sociais que também movimentam a economia, bem como o desenvolvimento do profissional que atua no comércio, por meio do estímulo à capacitação e, também, ao lazer e assistência ampla", frisou, referindo-se aos serviços Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e Social do Comércio (Sesc).

Com um brinde, Carlos Andrade encerrou o evento e assegurou que as comemorações, iniciadas desde a campanha de Natal do ano passado, prosseguem até o Natal deste ano, envolvendo a data de maior vendas do comércio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

ORTHO100

ORTHO100
.