RADIO WEB JUAZEIRO : DOENÇA DE PARKINSON

terça-feira, 15 de agosto de 2017

DOENÇA DE PARKINSON

SUS oferece novo tratamento para tratar doença de Parkinson

Gabriela Albach | A TARDE SP

O mesilato de rasagilina auxilia no aumento e manutenção de níveis de dopamina no cérebro
Divulgação

O Ministério da Saúde aprovou um medicamento para tratar doença de Parkinson, e o atual protocolo de tratamento da doença no Sistema Único de Saúde (SUS) será atualizado. O mesilato de rasagilina (Azilect®) é feito pela Teva, uma das principais empresas farmacêuticas do mundo.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que cerca de 200 mil brasileiros sofrem com a doença – um distúrbio neurológico e de caráter progressivo, crônico e degenerativo, que afeta o sistema motor, causando tremores, rigidez, lentidão nos movimentos e alterações de equilíbrio.

O Parkinson pode estar ainda associado a sintomas como alucinações e confusão, além de problemas no trato urinário e intestinal.

O tratamento da doença de Parkinson geralmente requer a associação de vários medicamentos ao longo da vida, dificultando, com isso, a aderência dos pacientes ao tratamento. O mesilato de rasagilina, comprimido usado via oral uma vez ao dia, auxilia no aumento e manutenção de níveis de dopamina no cérebro, substância química envolvida no controle do movimento, minimizando os sintomas.

O diretor de acesso ao mercado e relações governamentais da Teva Brasil, André Vicente, comenta a novidade. "O protocolo de doença de Parkinson no SUS não era atualizado desde 2010 e a aprovação de mesilato de rasagilina pela Conitec e Ministério da Saúde é, sem dúvida nenhuma, uma grande notícia para milhares de pessoas que vivem com esta doença no Brasil, pois permitirá o acesso a uma tecnologia inovadora e já consagrada no mundo todo", afirma.

Prazo

Agora, o Ministério da Saúde terá 180 dias de prazo para disponibilizar o medicamento na rede pública, com isso estima-se que o medicamento esteja disponível aos pacientes em fevereiro de 2018.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

ORTHO100

ORTHO100
.