RADIO WEB JUAZEIRO : FUTEBOL DE PETROLINA PERDE SEUS REPRESENTANTES NO CAMPEONATO PERNAMBUCANO

terça-feira, 29 de agosto de 2017

FUTEBOL DE PETROLINA PERDE SEUS REPRESENTANTES NO CAMPEONATO PERNAMBUCANO

Após sete anos, Petrolina perde sonho de ter dois times na Série A2 do Pernambucano


Em 2016, a cidade de Petrolina ficou sem representantes na disputa da Série A2 do Campeonato Pernambucano. Este ano, a cidade sertaneja ficará na mesma, sem ser representada por duas equipes.

Segundo informações, a Prefeitura de Petrolina não enviou os laudos técnicos do Estádio Paulo de Souza Coelho para a Federação Pernambucana de Futebol.

Sendo assim, o Petrolina e o 1º de Maio não estão aptos e não podem participar da competição.

o 1º de Maio estava apto. A CBF deferiu o licenciamento dele para jogar. O Petrolina, também. Portanto, fica inviável as duas forças de Petrolina disputando uma vaga na primeira divisão.

10 equipes fazem parte do campeonato que começa em setembro. Ainda foi cedido o estádio Adauto Moraes em Juazeiro, mas o local pertence a outra federação.

De cordo com portaria, existiam o requisitos mínimos a serem contemplados nos laudos técnicos.

A partir da análise conjunta dos diagnósticos quantitativo e qualitativo é possível obter a conclusão final de avaliação do estádio para a emissão do laudo de Condições Sanitárias e de Higiene. Para a emissão do laudo de Condições Sanitárias e de Higiene dos estádios, recomenda-se o uso, como parte da avaliação quantitativa, do percentual de atendimento total, como preconizado na Resolução RDC nº 275, de 21 de outubro de 2002, conforme demonstrado abaixo:

Critério Quantitativo de Avaliação: Aprovado 76% a 100%

Aprovado com restrições 51% a 75%

Não aprovado 0 a 50%



Por  Edenevaldo Alves

ORTHO100

ORTHO100
.