RADIO WEB JUAZEIRO : DEPOIS DE 36 HORAS DE CIRURGIA, IRMÃO UNIDOS PELA CABEÇA SÃO SEPARADOS

10 MESES DE ADMINISTRAÇÃO: QUE NOTA VOCÊ DÁ PARA O PREFEITO DE JUAZEIRO?

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

DEPOIS DE 36 HORAS DE CIRURGIA, IRMÃO UNIDOS PELA CABEÇA SÃO SEPARADOS

Gêmeos de 2 anos unidos pela cabeça são separados em cirurgia de 36 horas, na Índia

Gêmos unidos pela cabeça devido à condição rara foram separados em cirurgia na Índia Foto: AIIMS / AFP
Extra / AFP

Uma cirurgia bem-sucedida separou gêmeos de 2 anos que estavam unidos pela cabeça, em um hospital administrado pelo governo em Nova Délhi, na Índia. A equipe de 40 médicos, 20 enfermeiros e outros profissionais de saúde somou esforços numa maratona que durou mais de 36 horas. Os meninos sofreram uma condição rara ocorrendo uma vez a cada 2,5 milhões nascimentos. Cerca de metade são nascidos mortos, e a taxa de sobrevivência é entre 5 e 25%.

Um dos cirurgiões envolvidos disse que o aspecto mais desafiador era reparar os buracos deixados nas cabeças das crianças após a separação de seus crânios. Segundo Maneesh Singhal, cirurgião plástico que fazia parte da equipe operacional, "o próximo passo será a reconstrução dos crânios".

— O trabalho mais desafiador após a separação foi fornecer uma cobertura de pele em ambos os lados do cérebro para as crianças, pois a cirurgia havia deixado grandes buracos nas cabeças —, disse Singhal à AFP nesta sexta-feira.

Criança se recupera após cirurgia de 36 horas na Índia em que foi separado do irmão, ao qual estava unido pela cabeça Foto: AIIMS / AFP


"Foi um trabalho em equipe de 40 médicos, 20 enfermeiros e muitos outros funcionários paramédicos. Sem a ajuda deles, isso não teria sido possível", afirmou o Instituto das Ciências Médicas da Índia (AIIMS, na sigla em inglês), em um comunicado.

Os gêmeos nasceram em uma aldeia no estado oriental de Odisha com vasos sanguíneos compartilhados e alguns tecidos cerebrais compartilhados. Eles sofreram a primeira fase da cirurgia de separação em agosto.

— A pele foi gerada pela expansão de dois balões que foram colocados dentro de suas cabeças durante a primeira cirurgia em agosto —, completou o cirurgião.

Os irmãos são gêmeos idênticos que nascem com a pele e órgãos internos fundidos, de acordo com o site do Centro Médico da Universidade de Maryland. Eles se desenvolvem a partir de um único óvulo, que se divide no caso de gêmeos saudáveis, mas não totalmente no caso de irmãos conjugados.

Cirurgia contou com equipe de 40 médicos, 20 enfermeiros e outros profissionais de saúde Foto: AIIMS / AFP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

ORTHO100

ORTHO100
.