RADIO WEB JUAZEIRO : FUNCIONÁRIO DA GLOBO AGREDIDO NÃO ACEITOU A OFERTA

terça-feira, 31 de outubro de 2017

FUNCIONÁRIO DA GLOBO AGREDIDO NÃO ACEITOU A OFERTA

Defesa de diretor da Globo propõe acordo de R$ 50 mil, mas operador de áudio recusa oferta

por Cláudia Cardozo

Fotos: Divulgação

A audiência de conciliação entre o diretor de TV Luiz Fernando de Carvalho e o operador de áudio Tiago Mendes terminou sem acordo na tarde desta segunda-feira (30). A tentativa de conciliação foi mediada na unidade do Centro Judiciária de Solução Consensual de Conflitos (Cejusc) do prédio anexo ao Fórum Ruy Barbosa, em Salvador. A defesa da Rede Globo e do diretor propôs um acordo de R$ 50 mil para encerrar o caso, que foi rejeitado pela vítima das agressões. O diretor o agrediu com chute durante a gravação de uma cena da minissérie “Subúrbia”, no Rio de Janeiro. “Ele não apareceu, como a gente já imaginava. Mandou a advogada já com um valor estipulado e ela não tem poder de negociação. R$ 50 mil não cobre nem as passagens que eu já gastei com esse caso", declarou o operador de áudio. De acordo com a advogada de Tiago, Tamiride Monteiro, com a rejeição do acordo, será seguido o curso normal do processo para instrução. Serão ouvidas testemunhas e o próprio agressor. Ainda segundo a advogada, na própria defesa do diretor, é dito que ele chutou o operador, configurando como uma confissão. “Vamos com força agora. Se tínhamos o intuito de encerrar o processo, agora será o enfrentamento. Alguém precisa parar esse diretor uma vez que não é a única vítima, ele é conhecido pelo meio artístico pela atitude agressiva”, afirmou ao Bahia Notícias. Na ação, é pedido que o autor seja indenizado em R$ 200 mil. Em março deste ano, o contrato de Luiz Fernando não foi renovado com a Globo. Desta forma, ele só trabalha por demanda na emissora. Na época, informações de bastidores indicavam que a não renovação do contrato foi por conta das agressões cometidas por Luiz Fernando, assédio moral e as confusões que armava na emissora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

ORTHO100

ORTHO100
.