RADIO WEB JUAZEIRO : A OPINIÃO DE ERRY JUSTO

10 MESES DE ADMINISTRAÇÃO: QUE NOTA VOCÊ DÁ PARA O PREFEITO DE JUAZEIRO?

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

A OPINIÃO DE ERRY JUSTO



Na vida acadêmica a gente sempre aprende algo novo e inusitado. Dentro do Curso de Jornalismo e Multimeios da UNEB (onde estudo) eu me deparo quase que sempre com “ferramentas” que me auxiliam muito na confecção de minhas matérias jornalísticas e crônicas do dia-à-dia. Hoje estou aprendendo um pouquinho sobre a SEMIÓTICA.

A palavra SEMIÓTICA provém da raiz grega ‘semeion’, que denota signo. Assim, desta mesma fonte, temos ‘semeiotiké’, ‘a arte dos sinais’. Esta esfera do conhecimento existe há um longo tempo, e revela as formas como o indivíduo dá significado a tudo que o cerca. Ela é, portanto, a ciência que estuda os signos (sinais perceptivos e não algo do zodíaco...) e todas as linguagens e acontecimentos culturais como se fossem fenômenos produtores de significado, neste sentido define a semiose. Ela lida com os conceitos, as idéias, estuda como estes mecanismos de significação se processam natural e culturalmente. Ao contrário da linguística, a semiótica não reduz suas pesquisas ao campo verbal, expandindo-o para qualquer sistema de signos tais como Artes visuais, Música, Fotografia, Cinema, Moda, Gestos, Religião, entre outros.
Dito isto, vamos direto ao ponto. Nessa Crônica eu vou fazer bem diferente do que eu tenho feito ultimamente. Sim, vou falar algo que EU CONHEÇO e tenho VIVIDO INTENSAMENTE. Reconheço que nem todo mundo possui essa aptidão de fazer “leituras de fatos, circunstâncias e até mesmo de pessoas” que nos rodeiam todos os dias. Como jornalista, conto com essa ferramenta “mística” e um tanto intuitiva para fazer uma abrangente leitura de fatos que ocorrem. Acreditem! Nada que acontece é um fato isolado e tudo acaba tendo de certa forma algum significado. Tudo ao nosso redor tem uma forma de conexão, que o diga os investigadores e delegados de polícia! (risos...) E isso pode se apresentar em diversos aspectos: É aquela garota chata e empoderada no seu lugar de trabalho que cisma do nada em querer te perseguir com suas ideologias e mau comportamento só para ter o prazer de te ver triste e perturbado... É o caso daquele carinha troglodita e mau educado que quase sempre fala algo que você mulher detesta ouvir e te traz náuseas... É o caso de você ter aquela impressão de “deja-vu” onde parece que tudo que ocorre em sua volta tem aparência de uma sina perseguidora e opressora, e, acredite: persegue mesmo! Você já parou para fazer uma criteriosa leitura desses fatos recorrentes em sua vida? A semiótica somada a uma sensibilidade espiritual nesses casos ajuda muito. Note bem EU NÃO ESTOU FALANDO DE RELIGIÃO, aliás, detesto toda forma de religiosidade, pois, quando ela toma forma de fundamentalismo se torna um horror! Veja o terrorismo patrocinado pelo Estado Islâmico... Puro fruto da FUNDAMENTALIZAÇÃO!

Mas, voltando ao nosso assunto da semiótica: você sabia que se pode tirar um bom proveito dessa arte de observar e anotar certos significados das coisas e fatos recorrentes à sua volta? Partindo-se do princípio que 50% do que se vê é criação falha do ser humano, podemos facilmente descobrir certas causas de muitos males em nossa vida. Basta aplicar a Semiótica nas imagens que te surgem todo tempo. Não é difícil e você aprende rápido. Nossa vida existem princípios e leis naturais que são implacáveis em suas ações e interferências. Quer um exemplo? Na Bíblia Sagrada tem um grande pensador e líder espiritual que escreveu lá no livro de Gálatas, capítulo 6 verscículo 7 ao 9: 

“Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará. Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna. E não nos cansemos de fazer bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido...” 

Nem se precisa tanto da SEMIÓTICA para se entender de uma forma prática os signos e o que essas palavras significam. Na minha OPINIÃO esses versículos são a “PHYSIS,” ou seja, a orígem de tudo que se manifesta nesse planeta. Toda ação tem uma re-ação! Tudo que eu e você fazemos nesse plano material de certa forma acaba retornando quer seja para nosso bem ou para nosso mal. Se você quiser atrair a FELICIDADE por exemplo? Plante momentos felizes nas pessoas que convivem com você. Comigo isso tem dado certo! Mas preste atenção em duas cosas:

1) Nem tente plantar essas preciosas sementes em certas pessoas nefastas, brutas e ignorantes. Essa lei especificamente não se aplica a elas!

2) Nem tente também ficar fazendo isso na ansiedade de ver logo o resultado acontecer. Não funciona também!

O que eu quero explicar é que isso não funciona se você o pratica em forma de BARGANHA! Deus não é político brasileiro que só agem em troca de algo que “supostamente” venha “beneficiá-lo” ou que venha beneficiar a VOCÊ de uma forma DIRETA! Não, o mundo espiritual não gira dessa forma. Se você quiser fazer algo de bom para alguém, não faça com intenções diretas a algo que queira que aconteça de bom com vc. Não! Apenas faça o bem e... esqueça dos resultados! Fazendo assim você terá de súbito uma ótima surpresa. Como isso tem acontecido comigo! Quem me conhece de perto já reparou e acredite, pode acontecer agora com você também. Segue o Fluxo gente amiga!


ERRY JUSTO.
Radialista e Jornalista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

ORTHO100

ORTHO100
.