RADIO WEB JUAZEIRO : ADOLESCENTE DENUNCIA DERMATOLOGISTA POR ESTUPRO

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

ADOLESCENTE DENUNCIA DERMATOLOGISTA POR ESTUPRO

De acordo com a PM, a jovem relatou que o médico apalpou sua cintura e retirou sua roupa, sem autorização


SP Silvia Pires*

Uma adolescente de 16 anos denunciou o médico de uma policlínica municipal em Francisco de Sá, Região Norte de Minas, por estupro. De acordo com a Polícia Militar (PM), o crime aconteceu na tarde desta segunda-feira durante uma consulta para tratamento de dermatite.

Segundo a PM, esta foi a terceira consulta da jovem com o dermatologista, de 40 anos. Em seu depoimento, a adolescente relatou que o médico começou a fazer perguntas sobre assuntos desconexos ao seu tratamento, como depilação e, até mesmo, sobre o seu ciclo menstrual e relações sexuais.

A jovem contou aos militares que, durante o exame, o homem apalpou a sua cintura, sem autorização. De acordo com a PM, após apalpá-la, ele retirou a sua roupa e introduziu o dedo no órgão sexual da adolescente. Ela contou ainda que se sentiu constrangida, mas pensou que se tratava de um procedimento normal e, por isso, não fez nenhuma objeção.

Após o exame, a adolescente procurou uma funcionária da policlínica, que acionou a polícia. Ela foi encaminhada ao Instituto Médico-Legal (IML) para fazer exames de corpo e delito. Em nota, o Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais informou que apenas hoje tomou conhecimento do fato e abrirá uma sindicância para apurar o ocorrido.
Violência contra a mulher

No ano passado, Minas Gerais registrou 347 ocorrências de violência contra a mulher por dia, somando as agressões contabilizadas pelos 853 municípios do estado. Se comparados com anos anteriores, os números estão diminuindo, mas mesmo assim ainda representam muitos registros que não param de chegar às delegacias mineiras. Em 2015, por exemplo, foram 129.391 casos. Em 2014, o número chegou a 131.808 agressões. 

(com informações de Guilherme Paranaiba)
* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

ORTHO100

ORTHO100
.