RADIO WEB JUAZEIRO : ADVOGADO FAZ DENÚNCIA GRAVE SOBRE DESAPARECIMENTO DE MOTOS APREENDIDAS PELA POLÍCIA E ARMAZENADAS NA 8ª CIRETRAN EM JUAZEIRO

10 MESES DE ADMINISTRAÇÃO: QUE NOTA VOCÊ DÁ PARA O PREFEITO DE JUAZEIRO?

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

ADVOGADO FAZ DENÚNCIA GRAVE SOBRE DESAPARECIMENTO DE MOTOS APREENDIDAS PELA POLÍCIA E ARMAZENADAS NA 8ª CIRETRAN EM JUAZEIRO


Em contato telefônico e por e-mail com o Blog Geraldo José o advogado juazeirense Walker Francisco Fonseca de Sá faz grave denúncia sobre o desaparecimento de motos que são apreendidas em blitz pela Polícia Militar e guardadas no pátio da 8ª CIRETRAN, em Juazeiro. Ele alega que não se trata de fato único, em grupos do whatsapp outros colegas advogados tem postado relatos semelhantes, razão pela qual resolveu tornar público no sentido de que as autoridades do Governo do Estado adotem as providências necessárias, inclusive, no sentido de ressarcir os prejuízos dos proprietários dos veículos. Confira a denúncia:

Caro amigo Geraldo,

Venho pedir licença para utilizar o seu espaço no blog, visto que é um espaço muito visualizado e atuante na prestação de serviço à comunidade, para falar algo muito grave que está ocorrendo aqui em Juazeiro-BA, em específico na 8ª CIRETRAN de nossa cidade.

Eu, como advogado, fui procurado por uma cliente, que relatou que teve sua moto apreendida pela polícia militar, por estar com o IPVA em atraso. A moto foi levada pelos policiais para o depósito dentro da 8 CIRETRAN.

Até aí, procedimento normal, hoje em dia.

Acontece é que, após uns 15 (quinze) dias, ela conseguiu juntar o valor e pagou o IPVA que estava atrasado.

Quando foi buscar a sua moto na 8ª CIRETRAN, para sua surpresa, a moto não estava mais no depósito e NINGUÉM sabe informar onde essa moto foi parar.

Eu achei que fosse um caso isolado. No entanto, em um grupo de advogados no WhatsApp, já tem uma colega com um caso idêntico.

A minha cliente também me disse que próximo ao bairro dela, tem um rapaz que teve sua “cinquentinha” também desaparecida de dentro da CIRETRAN.

Indo em busca de informação, minha cliente foi informada que lá não tem câmeras.

Ninguém viu nada, nem sabe informar como esta moto foi levada.

Isso é um absurdo.

Se o cidadão encontrar-se em uma blitz ou for parado por uma viatura da PM e por acaso esteja com o IPVA em atraso, o que ele deve fazer agora?

Se ele entregar a moto para que seja levada para ao Ciretran, corre um grande risco de ficar sem o bem.

Se não entregar, pode ser preso.

Se fugir poderá ser alvejado.

Claro que para reparar este dano, existe a lei e as ações. Más é um processo longo e que vai se arrastar até por anos.

Para quem necessita do transporte para trabalhar, levar o filho à escola, etc., como fica?

Como pode o cidadão perder um bem desse e não haver nenhuma manifestação do órgão.

Não há como ficar calado diante de tamanho descaso e desrespeito com o cidadão.

Fica aqui minha indignação. E se preciso for, posso provar o meu relato.

Walker Francisco Fonseca de Sá
Advogado e profissional em TI


Fotos de arquivo do Blog

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

ORTHO100

ORTHO100
.