RADIO WEB JUAZEIRO : VEJA O VÍDEO - GAROTINHO PODE TER SIDO ATACADO POR UM FANTASMA

terça-feira, 28 de novembro de 2017

VEJA O VÍDEO - GAROTINHO PODE TER SIDO ATACADO POR UM FANTASMA

Polícia vai fazer perícia na cela onde ex-governador Garotinho diz ter sido agredido em Benfica

Polícia também quer fazer o retrato falado do suposto agressor e ouvir Garotinho em Bangu, para onde foi transferido. Diligências serão realizadas às 10h de quarta-feira (29).

Por Henrique Coelho, G1 Rio

Garotinho deixa sede da Polícia Federal após ser preso na última semana no Rio (Foto: Reprodução / GloboNews)

A Polícia Civil vai fazer uma perícia na manhã de quarta-feira (29) na ala da cadeia pública José Frederico Marquês, em Benfica, na Zona Norte do Rio, onde ficou preso o ex-governador Anthony Garotinho. O objetivo do delegado Wellington Vieira, titular da 21ª DP (Bonsucesso) é determinar se houve agressão dentro da cela, como alegou o ex-governador.

As imagens não mostram ninguém entrando na cela e servidores dizem que seria “quase impossível". “Essa perícia será importante para saber se as câmeras são eficazes, se os acessos e barreiras à cela existem etc.”, explicou o delegado Wellington Vieira, titular da 21ª DP.

Segundo ele, o retrato falado de Garotinho para tentar identificar o agressor também será feito nesta quarta. A polícia irá até o complexo penitenciário de Gericinó, na Zona Oeste, para onde Garotinho foi transferido depois de alegar ter sofrido as agressões, para fazer um desenho do suposto agressor. O ex-governador já havia se disposto a fazer esse retrato falado anteriormente.
Joelho Garotinho (Foto: Reprodução/TV Globo)

Na última semana, a defesa do ex-governador mostrou fotos que seriam do dedo do pé e do joelho de Garotinho após as agressões.
Pé Garotinho (Foto: Reprodução/TV Globo)

O delegado ainda pretende ouvir mais servidores penitenciários e periciar as imagens às quais não teve acesso para concluir o inquérito antes do final de 2017.

Cinco servidores do sistema penitenciário prestaram depoimento nesta segunda-feira (27) ao delegado Wellington Vieira, da 21ª DP (Bonsucesso). Todos eles, relatou Vieira, disseram que uma suposta agressão ao ex-governador é "quase impossível" de ter ocorrido.

Histórico

O ex-governador afirma que teve a cela invadida e foi agredido com um porrete --ele estaria com o dedo do pé machucado e o joelho ralado. Ainda segundo ele, uma arma foi apontada em sua direção. A nova cela de Garotinho era monitorada 24 horas por dia.

Segundo agentes Seap, o ex-governador se autolesionou. Imagens de câmeras de segurança obtidas com exclusividade pelo RJTV mostram que ninguém entrou na cela em que Garotinho estava



Imagens das câmeras de segurança de Benfica mostram que cela de Garotinho não foi invadida

Quase à meia-noite, a câmera mostra o corredor vazio. O próximo registro é de 1h32, porque, segundo a secretaria, as câmeras só são acionadas quando há movimento. Anthony Garotinho bate na grade para chamar a atenção dos agentes penitenciários.

À 1h56, dois agentes aparecem. Às 2h13, um terceiro agente chega e, poucos minutos depois, um outro preso vem. Por ironia, é Sérgio Cortes, ex-secretário de saúde de Sérgio Cabral. Às 2h38, Garotinho é colocado em uma cadeira de rodas. Logo depois, Sérgio Côrtes, que é médico, aparece examinando Anthony Garotinho.

A Secretaria de Administração Penitenciária disse que as imagens não mostram nenhum estranho ou qualquer pessoa que pudesse ter agredido o ex-governador. Anthony Garotinho saiu da delegacia para o IML, onde fez exame de corpo de delito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

ORTHO100

ORTHO100
.