RADIO WEB JUAZEIRO : A OPINIÃO DE ERRY JUSTO

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

A OPINIÃO DE ERRY JUSTO

DEVEMOS COBRAR DO STF UMA DECISÃO SOBRE AS COISAS QUE GILMAR MENDES ESTÁ FAZENDO


O povo brasileiro depois do surgimento da internet e dentro desta, os sites de notícias, não anda mais tão alienado sobre as sanhas ocorridas pelas nossas “ditas” autoridades. Hoje em dia para fazer algo em Brasília escondido das lentes das câmeras de reportagem é algo quase que impossível, pois a mídia cobra cada dia mais agilidade e novas matérias aos profissionais de jornalismo. Por que estou falando isso? Simplesmente porque o povo já está de saco cheio das asneiras feitas pelo Ilustríssimo Senhor Ministro Gilmar Mendes do STF e também Presidente do TRF, que é o Tribunal que organiza as eleições de nosso país. Dito isso, então vamos direto ao ponto:

A Procuradora Geral da República Raquel Dodge entrou com uma petição junto ao STF, solicitando que este reveja (ou derrube) a decisão de Gilmar Mendes, que pela terceira vez soltou o cliente do escritório de advocacia de sua esposa o empresário Jacob Barata. Esse empresário é pai de um afilhado de casamento deste Ministro e também é apontado como o chefe da máfia dos ônibus do Rio de Janeiro. Três vezes o Gilmar Mendes, apesar dessa relação um tanto notória, monocraticamente botou esse mafioso de volta nas ruas depois de Juízes do Rio de Janeiro e Polícia Federal o terem prendido com todas as provas em gravações que mencionam os nomes de todos os seus comparsas. Então a Procuradora se manifestou dizendo: “Não dá!” Na verdade essa questão envolvendo o Jacob Barata, segundo Raquel, era para ser resolvida pelo Ministro Dias Tofolli, mas o Gilmar atropelou todo mundo, se meteu onde não devia e... Pronto! Soltou três vezes o Barata!

Numa outra situação, podemos ver também Raquel Dodge e Gilmar Mendes emitindo opiniões diferentes e divergentes sobre a manutenção da decisão do Supremo Tribunal Federal que manda prender condenados em segunda instância. Gilmar que até votou a favor dessa decisão do Supremo na primeira votação atrás em 2016, agora, depois que os efeitos desta decisão ter chegado perto de mais de pessoas que Gilmar entende que são imunes a essa prisão, mudou de opinião! Ele agora é radicalmente contrário a decisão que ele mesmo votou! Parece piada né? Mas não é! Concluindo: temos então um embate na questão de Jacob Barata e temos outro na questão da efetividade da prisão em segunda instância.

O pior disso tudo é que esse tipo de mau comportamento promovido por este, digamos assim, péssimo exemplo de magistratura está na verdade difamando a categoria jurídica como um todo. Como será possível alguém que veja esse tipo de modus operandi do crime acontecer no hall dos togados ter alguma réstia de respeito e temor para algum juiz meramente de primeira instância? Está ficando difícil e insustentável apreciar tal situação, pois como alunos de Direito nas Universidades podem defender sua aspiração futura vendo um horror desses acontecendo na maior corte de nosso país?

É necessário que a nação brasileira cobre da Ministra Carmem Lúcia, que é a presidente do STF uma atitude em relação a Gilmar Mendes até porque todo mundo está reparando que este Ministro julga em causa própria ou de interesses de seus afetos. O povo brasileiro não aguenta mais esse tipo de prática onde aqueles que deveriam ser os guardiões da Constituição Brasileira, que a exemplo dos políticos corruptos, agora estão sendo os que sacaneiam as próprias leis.

Segue o fluxo gente amiga!


ERRY JUSTO.
Radialista e Jornalista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

ORTHO100

ORTHO100
.