RADIO WEB JUAZEIRO : DESFAZENDO BOATOS

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

DESFAZENDO BOATOS

Polícia Civil desmente novo boato em torno do caso da menina Beatriz

A imagem de um homem está circulando na internet como sendo do autor do crime contra a menina Beatriz, mas a polícia desmente



O verdadeiro suspeito teve o retrato falado divulgado pela Polícia Civil
Foto: divulgação
JC Online

Através de nota oficial divulgada na tarde desta quarta-feira (13), a Polícia Civil de Pernambuco desmente o boato de que um administrador seja responsável por assassinar a menina Beatriz Angélica da Mota, de 7 anos, dentro de uma escola particular em Petrolina, Sertão do Estado, em dezembro de 2015. Segundo a polícia, uma foto do homem tem circulado nas redes sociais e ele vem sendo apontado como autor do crime.

A delegada Polyanna Neri, responsável pelas investigações do caso, esclarece que Carlos André de Melo é branco, alto, aproximadamente 1,80m de altura e permaneceu na quadra do colégio, onde ocorria a festa de formatura. Ela também informa que o homem tem colaborado para ajudar a elucidação do crime.

Diferente do administrador, o suspeito do homicídio contra Beatriz Angélica Mota é, de acordo com as investigações, um homem de estatura mediana, cerca de 1,60m de altura, pele morena escura e tem uma curvatura levemente acentuada na coluna cervical.

Compartilhar notícia falsa é crime

A delegada Polyanna Neri esclarece ainda que o suspeito de matar a estudante foi visto por 12 testemunhas na noite do crime dentro da área do bebedouro, próximo ao local onde o corpo da garota foi localizado. Segundo a Polícia Civil, todas as informações são checadas, mas boatos atrapalham o trabalho de investigação. A corporação também reiterou em nota que "compartilhar notícias falsas é crime."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

ORTHO100

ORTHO100
.