RADIO WEB JUAZEIRO : MULHER É ACUSADA DE ESTUPRAR MULHER

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

MULHER É ACUSADA DE ESTUPRAR MULHER

Cantora norte-americana é acusada de estuprar a ex-melhor amiga

Melanie Martinez ao lado de Timothy Heller, que a acusa de estupro
Reprodução | Instagram

A cantora e compositora norte-americana, Melanie Martinez, 22 anos, é acusada de estupro pela ex-melhor amiga, Timothy Heller. A suposta vítima desabafou sobre o caso, pela primeira vez, nesta segunda-feira, 4, no Twitter.

"Quando escrevi esta história, inicialmente eu não ia apontar a agressora. Mas acho que é importante que todos saibam que isso é sobre Melanie Matinez", iniciou Timothy, ao publicar prints do desabafo.

Segundo a ex-amiga, o estupro teria acontecido após ela ter consumido maconha e Melanie se aproveitado da situação, forçando-a fazer sexo.

"Ela começou a negociar comigo. Eu só queria ir dormir. Ela começou a falar sobre a aparência dos meus seios e a implorar para apenas tocá-los. A gente não teria que fazer mais nada. Eu estava tão cansada, confusa e tão chapada que apenas deixei acontecer. Isso levou ela a tocar todo o meu corpo. Eu nunca disse sim. Eu disse não, repetidamente. Mas ela usou o poder dela contra mim, e me quebrou. Só para não haver confusão, eu fui molestada pela minha amiga", disparou.

Na rede social, a repercussão do caso foi tanta que a #Melanie liderou o Trending Topics do Twitter. Até o momento, a cantora não se pronunciou sobre o caso.

>> Leia alguns trechos do texto na íntegra:

"(...) Ela começou a perguntar pra mim enquanto estávamos na cama se eu faria sexo com ela. Mesmo estando muito desconfortável eu comecei a tentar rir disso, pra ela esquecer. Eu tinha um namorado na época e ela sabia disso. 'Ele não tem que saber, não é tão estranho assim!'. E isso aconteceu por horas. Me perguntando o motivo de eu não querer, que seria legal. Eu disse várias vezes 'não'. Eu tinha que trabalhar de manhã. Eu só queria dormir. Eu estava exausta. Eu tentei dormir mas ela me manteve acordada a noite toda me implorando pra dormir com ela. Era estranho, porém ela era minha amiga. Eu disse não e achei que tínhamos virado essa página. Na outra noite, infelizmente, aconteceu do mesmo jeito. Eu estava exausta. Ela me convenceu a fumar maconha, e a partir do momento em que eu estava tendo dificuldade em dizer não para ela, eu aceitei, pensando que me ajudaria a dormir e evitar a situação. A mesma conversa começou a acontecer. Sempre tentando em convencer de que seria normal e divertido. E eu dizia: 'Meu namorado ficaria tão chateado! Eu preciso dormir! Eu trabalho amanhã cedo!'. Eu disse toda forma de “não” que eu conhecia. Enquanto eu estava deitada rezando para dormir logo, ela começou a tocar meu braço. Eu deixei aquilo acontecer. Talvez ela desistiria. Isso aconteceu por uma hora. Eu comecei a ficar cada vez mais desconfortável. Eu comecei a rir dizendo que fazia cócegas. Eu não queria de maneira nenhuma fazer aquela situação virar algo sexual. 'Eu posso fazer só isso? Posso apenas tocar os seus braços? Posso apenas tocar os seus seios?'. Ela começou a negociar comigo. Eu só queria ir dormir. Ela começou a falar sobre a aparência dos meus seios e implorar para APENAS tocá-los. A gente não teria que fazer mais nada. Eu estava tão cansada, confusa e tão chapada que apenas deixei acontecer. Isso levou ela a tocar todo o meu corpo. Eu nunca disse sim. Eu disse não, repetidamente. Mas ela usou o poder dela contra mim, e me quebrou. Só para não haver confusão, eu fui molestada pela minha amiga. Eu fiquei deitada em choque, sem reciprocar a ação. Eu odeio falar sobre isso, mas ela fez um oral em mim e depois me penetrou com um dildo sem perguntar se queria. Foi isso que aconteceu. O mais importante é: Eu disse não. Por DUAS NOITES SEGUIDAS. Não importa se eu não resisti durante a ação. Eu fui controlada. Ela sabia que eu não queria, eu deixei claro. Eu não gritei com ela, eu não empurrei ela. Primeiro porque eu amava ela, e segundo porque eu só queria que tudo acabasse. Nós nunca mais falamos sobre essa noite novamente. Enquanto isso mexia totalmente com a minha cabeça, não teria maneira nenhuma que minha melhor amiga teria me ESTUPRADO… certo? Nossa amizade acabou pois ela decidiu que não tinha mais tempo para mim. Para se preocupar comigo. Ela tinha que se preocupar muito comigo, estava atrapalhando ela. Eu não sei como terminar essa história. Eu estava com medo da resposta que teria. A única razão de fazer isso agora é porque dado os eventos recentes as pessoas vão acreditar em mim. Se você duvidar dessa história de abuso, peço que imagine ela como sendo um homem. Garotas podem estuprar garotas. Amizade não é igual a consenso. Silêncio não é igual a consenso. Eu só gostaria que não fosse difícil me convencer dessas coisas". 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

ORTHO100

ORTHO100
.