RADIO WEB JUAZEIRO : A OPINIÃO DE MILED CUSSA

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

A OPINIÃO DE MILED CUSSA



O carnaval de Juazeiro já teve grandes blocos, já cantaram aqui as maiores estrelas do Brasil, existiam 3 grandes blocos oficiais, 10 blocos alternativos e 2 infantis

Tinha uma circuito alternativo para famílias, crianças e idosos

As batucadas saíam em parceria com o poder público

Eram gerados 10.000 empregos e a economia pulsava vibrantemente

Agora não tem mais isso . O lançamento do carnaval foi no Shopping, como quase tudo é lá, e cheio de polêmicas. O lançamento do carnaval de Petrolina foi feito em praça pública

Com salários e fornecedores atrasados, cortaram a água da casa onde as pessoas doentes ficam quando vão fazer tratamento em Salvador, excesso de cargos comissionados, a prefeitura de Juazeiro tem patrocínio para o carnaval ou as bandas e fornecedores locais ficarão sem receber?

Enquanto isso a prefeitura de Salvador transformou o carnaval num evento auto rentável. A prefeitura arrecada mais do que gasta

São 770.000 turistas, sendo 70.000 estrangeiros

Quase R$ 2 bilhões de circulação de dinheiro

250.000 empregos gerados.

Consumo de 30 milhões de latas de cerveja, 32 milhões de latas de refrigerante, 5 milhões de litros de água, 200.000 camisas e 200.000 abadás

Em média o retorno de mídia é dez vezes maior que o patrocínio investido

Mais de 100 camarotes que cabem de 1.000 a 10.000 pessoas cada

Mais de 200 emissoras de rádio, TV e internet transmitindo para 200 países

Centenas de trios e centenas de blocos

700 horas de música

Centenas de trios sem corda

3.000 sanitários químicos

Mas aí você pode dizer: como comparar o carnaval de Salvador que tem 3 milhões de habitantes com o de Juazeiro que tem 250 mil habitantes?

A questão é que as duas cidades mesmo com essa enorme diferença na quantidade de habitantes tem praticamente a mesma quantidade de cargos comissionados nas suas prefeituras. Salvador tem 843 e Juazeiro tem 824

Salvador é um exemplo de gestão competente e Juazeiro é o contrário


Miled Cussa Filho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.