RADIO WEB JUAZEIRO : EQUIPAMENTOS E INSTRUMENTOS DE CAETANO VELOSO CONTINUAM DESAPARECIDOS

EM JUAZEIRO, VOCE PREFERE CARNAVAL ANTECIPADO OU NA DATA OFICIAL?

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

EQUIPAMENTOS E INSTRUMENTOS DE CAETANO VELOSO CONTINUAM DESAPARECIDOS

Violão roubado de Caetano pode custar até mais de R$ 30 mil

Até mesmo o cenário foi levado pelos ladrões; polícia investiga

Carol Aquino, do Correio 24h


A carga que estava no caminhão de Caetano Veloso tinha uma preciosidade. O conjunto com 64 equipamentos (18 itens) foi divulgado pela assessoria do cantor na segunda-feira (15). Na carga estava o violão usado por Caetano Veloso em apresentações. De modelo único, foi feito sob encomenda em 2010 por um dos luthiers pioneiros no Brasil, Antonio Tessarin. 

Tessarin tem mais de 30 anos de atividade e construiu mais de 500 violões para grandes artistas como Chico César e Paulinho Moska. Procurado, ele não falou o quanto cobra por uma peça. Porém, em sites de marketplace um violão usado com a assinatura do luthier custa entre R$ 6 mil a mais de R$ 30 mil. 

Também foi levado o violão elétrico usado por Caetano, outro violão acústico levado por seu filho Tom, dois teclados Fender Rhodes, o contrabaixo elétrico usado pelo músico Alexandre Kassim e um violoncelo. 

Os equipamentos de luz do show também estavam na carga roubada. O material era de alta qualidade e preço. A mesa de luz usada no show do tipo Pearl Avolite custa mais de R$ 18 mil, se nova, e R$ 10 mil, se usada. A lunch box (equipamento de áudio) vale entre dois e três mil reais e cada um dos quatro fones de ouvido da marca Shure usados no show custa 899 dólares na loja virtual da marca. 

Até mesmo o cenário foi levado pelos ladrões. Desenvolvido pelo cenógrafo Hélio Eichbauer, profissional premiado e autor do cenário do clássico do teatro brasileiro “O Rei da Vela”, de Oswald de Andrade e com direção de José Celso Martinez Corrêa, o conjunto era composto de um telão 5mx9m, quatro pernas de cenário na cor amarela, um ciclorama, uma lona amarela 5mx9m e uma corrente. Duas malas contendo os figurinos dos artistas também estavam na carga. 

Até o fechamento desta reportagem, a polícia continuava em diligência em busca de pistas do equipamento roubado. Equipes da 6ª e 7ª Coordenadorias de Polícia do Interior (Ilhéus e Itabuna, respectivamente) atuam na investigação. Segundo a Polícia Civil, até esta terça ninguém foi preso. O caso foi registrado na delegacia de Ibirapitanga. 

O material foi levado por homens fortemente armados entre a estrada de Itacaré e Maraú. O motorista que levava a carga prestou queixa na Delegacia de Ibirapitanga, que fica 20 minutos de carro do local do crime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

ORTHO100

ORTHO100
.