RADIO WEB JUAZEIRO : ESTABELECIMENTOS SÃO INTERDITADOS EM PETROLINA

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

ESTABELECIMENTOS SÃO INTERDITADOS EM PETROLINA

Dois estabelecimentos que promoviam eventos sem autorização são interditados em Petrolina

por Gabriela Canário


Dois estabelecimentos comerciais de Petrolina foram interditados pela Diretoria de Disciplinamento Urbano e Atividades Licenciadas de Petrolina. Tanto a casa de shows que funcionava na Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio, quanto o bar, localizado na Avenida Paraíba no bairro Areia Branca, não possuíam autorização para a realização de espetáculos musicais. A medida faz parte de um conjunto de ações da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (SEDURBS) que visa o reordenamento público. A Guarda Civil Municipal e a Polícia Militar prestaram apoio ao trabalho de fiscalização realizado na última sexta-feira (29).

Dentro das irregularidades encontradas pelas equipes de fiscalização da Prefeitura estão a falta de algumas licenças como o alvará sonoro, autorização para a realização de eventos e ainda auto de vistoria do Corpo de Bombeiros, não apresentadas pelos proprietários da casa de shows. Ao mesmo tempo, a direção do bar não possuía licença sanitária e alvará sonoro, ambos vencidos no início do mês, autorização para a realização de eventos, atestado de regularidade do Corpo de Bombeiros. Desta forma, os dois estabelecimentos foram interditados e só podem voltar a funcionar depois que a situação deles for regularizada junto à SEDURBS.


De acordo com o Diretor de Disciplinamento Urbano e Atividades Licenciadas, Cícero Dirceu da Silva, a atividade irregular dos estabelecimentos oferece risco aos frequentadores dos locais. “Sem as devidas licenças, vistorias e autorizações, o poder público não pode garantir que o funcionamento do estabelecimento está de acordo com os padrões de segurança exigidos por lei. Com isso, é iminente o risco de acidentes durante a atividade comercial, o que coloca a população em situação de vulnerabilidade”, destaca da Silva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.