RADIO WEB JUAZEIRO : Meses após fim do 'Aprovado', Jackson Costa faz 'textão' para Rede Bahia: ‘Sigo adiante’

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Meses após fim do 'Aprovado', Jackson Costa faz 'textão' para Rede Bahia: ‘Sigo adiante’

Um "fax" de Jackson Costa para a TV Bahia.


Ilustríssima senhora TV Bahia,

Tenho apenas cinquenta e uma primaveras e nove meses de vida, sendo trinta e quatro anos de profissão. 

Por amor, escolhi morar na Bahia, apesar das dificuldades que encontra um artista cênico por aqui para comer, com o seu próprio suor, o sagrado pão. 

Tenho o teatro como meu lastro artístico. Ele é quem me dá régua e compasso para que eu possa acertar cada passo na hora da interpretação.

Um ator de teatro é capaz de fazer cinema, novela de rádio, telenovela, teatro de rua e até mesmo apresentar programa de televisão. Eis aí uma das inúmeras maravilhas da minha profissão. "Ser ou não ser, eis a questão".

Atuar é um dos meus remédios favoritos. 

Na cidade de Epidauros, na Grécia antiga, os médicos nos seus receituários prescreviam teatro na cura 

dos seus pacientes. Que remédio maravilhoso! Que médicos inteligentes!
Receitar arte e cultura para a cura da nação.

Devia ter gente que fingia de doente só para ir ao teatro de repente ou até constantemente, afinal, todo mundo é um pouco fingidor.

Mas nem só de teatro se alimenta a alma do ator. 

A TV também tem suas maravilhas para aqueles que tem o dom de explora-la. 
Venho através deste expressar a minha gratidão ao meu amigo Sergio Siqueira, um dos nomes mais importantes da TV Baiana. A participação de valorosos artistas baianos na programação da TV Bahia deve-se muito a ele. Dele recebi o convite para desdobrar-me e ser no Aprovado apresentador de televisão sem que isso impedisse meus trabalhos como ator. 

Sergio me deu a liberdade de levar para o Aprovado algumas ideias, alguma contribuição. E assim, o programa criado por ele e pelo meu amigo e Poeta Professor de Língua Portuguesa, Jorge Portugal, cresceu ainda mais em qualidade e audiência, graças ao empenho de todos, sendo um dos programas mais importantes da TV baiana e trazendo arte, cultura e educação para os quatro cantos dessa baiana nação.

"Por que acabou?", me perguntam.

Prefiro nem saber! Quero só agradecer por ter estado em todo o Estado com meu estado de espírito, meu jeito, meus defeitos, minha cara a tapa, minha alegria em busca da poesia... Revelando riquezas que nossa gente ainda desconhece.

Enfim, ao fim e ao cabo, acabou. 

Sou grato a todos os envolvidos na produção do programa.

Grato ao povo da Bahia! 
Eu? Sigo adiante,
Sendo grato a Deus, 
E agradecendo à senhora TV Bahia, 
na pessoa do amigo Sérgio Siqueira.
Evoéééé!!!

P.S. O título: plágio da fantástica peça da genial atriz Denise Stoklos, a que eu assisti no Rio de Janeiro. "Um Fax de Denise Stoklos para Cristóvão Colombo".





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

ORTHO100

ORTHO100
.