RADIO WEB JUAZEIRO : MULHER MORTA ANO PASSADO AINDA NÃO PODE SER ENTERRADA

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

MULHER MORTA ANO PASSADO AINDA NÃO PODE SER ENTERRADA

Corpo de vítima de acidente de carro no Natal no Rio ainda não foi enterrado, diz irmão

Segundo familiar, Estado do RJ alega falta de material para analisar DNA da irmã.

Por Bom Dia Rio


Peritos alegam falta de material e corpo de vítima de acidente está no IML há 16 dias

Um acidente de carro na noite de Natal tirou a vida de quase toda uma família. Dênis Azevedo Mathias perdeu a irmã, o cunhado, o sobrinho e uma afilhada em uma colisão que ocorreu na Avenida Brasil. Desde então, ele ainda não conseguiu fazer com que um dos corpos, o da irmã, seja enterrado.

A irmã de Dênis teve o corpo carbonizado após a explosão do carro,mas, segundo ele, o Estado do Rio de Janeiro afirma que não possui um reagente para fazer o exame de DNA e comprovar a identidade, para que ela possa ser sepultada.

"A resposta que eu tenho é que estão lutando para tentar identificar, mas seriam necessários os materiais para fazer o DNA", disse ao Bom Dia Rio.

Familiar de vítima de acidente na Avenida Brasil, no Rio, luta para enterrar corpo

Como Dênis quer enterrar os corpos dos familiares juntos, o sepultamento de todos ainda depende da chegada do reagente.

"A dificuldade foi ultrapassar várias barreiras porque não podia ser identificado [o corpo], fui na delegacia pegar documentos para fazer exame de DNA mas resistiram um pouco. Assim que consegui fui na clínica e, infelizmente, essa notícia de que não tinha como fazer o exame", lamentou Dênis.

O Bom Dia Rio procurou a Polícia Civil e o Governo, mas não obteve resposta até a última atualização desta reportagem.
Corpo de uma das vítimas foi carbonizado no acidente (Foto: Reprodução)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.