RADIO WEB JUAZEIRO : JUÍZES FEDERAIS E ESTADUAIS NÃO ABREM MÃO DO AUXÍLIO-MORADIA

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

JUÍZES FEDERAIS E ESTADUAIS NÃO ABREM MÃO DO AUXÍLIO-MORADIA

Juízes federais e estaduais entram em conflito por auxílio-moradia
Foto: Divulgação


A Associação dos Juízes Federais (Ajufe) pediu a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia que também paute o pagamento do auxílio-moradia dos magistrados estaduais. A ministra já pautou para o dia 22 de março o julgamento do pedido da Ajufe para garantir o benefício para juízes federais. “Não basta apenas julgar as ações que tratam do auxílio-moradia, que atingirão apenas os juízes federais, deixando sem resolução os diversos pagamentos realizados no âmbito dos demais segmentos do judiciário”, afirma a Ajufe em nota. O pedido foi feito diante das críticas que a entidade vem sofrendo por tentar convocar uma greve dos juízes no dia 15 de março na tentativa de manter a vantagem de R$ 4,3 mil. O pedido da Ajufe não foi bem recebida pela Associação dos Magistrados Mineiros (Amagis). A entidade informou que está devolvendo cortesias para um evento que recebeu da entidade dos juízes federais. A Amagis considera a estratégia da Ajufe como equivocada, por restringir o diálogo com o STF. “A Amagis lamenta ver no movimento associativo, líder imprudente, irracional, cujos atos ultrapassam o limite do suportável. Diferenças salariais sempre existiram, mesmo entre os juízes estaduais e ainda existem, mas tais diferenças não justificam que um segmento ataque o outro, num viés autofágico. Ao contrário, o propósito sempre foi o de buscar as conquistas legais já obtidas pelos demais segmentos”, disse a entidade.

bn

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.