RADIO WEB JUAZEIRO : MÃO TROCA DE ROUPA COM O FILHO POR UM BOM MOTIVO

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

MÃO TROCA DE ROUPA COM O FILHO POR UM BOM MOTIVO

Barrado pelo Detran, rapaz troca de roupa com a mãe para fazer prova prática de CNH e foto viraliza

Foto de mãe com bermuda do filho e ele com a calça legging viralizou na web. 'A gente falou: vamos no carro, vamos nos trocar', conta.

Por G1 Campinas e Região
Post de Bruno Hatamoto, morador de Campinas, e a mãe com roupas trocadas viralizou nas redes sociais (Foto: Reprodução/Facebook)


Uma decisão inusitada "salvou" o exame de habilitação em motocicleta do jovem Bruno Hatamoto, de 18 anos, em Campinas (SP), e viralizou na web. Usando bermuda no dia da prova, ele foi barrado pelo Detran-SP. Para não perder a chance, o jeito foi trocar de roupa com a mãe, que, por sorte, usava uma calça legging. A postagem com a foto dos dois garantiu milhares de compartilhamentos e curtidas nas redes sociais.

O exame ocorreu na última segunda-feira (5) e, até as 12h desta quarta (7), já eram mais de 40,5 mil retweets e 20 mil compartilhamentos do post no Facebook.

A troca de roupa aconteceu rapidamente dentro do carro. No retorno ao local da prova, os olhares de quem também aguardava o exame foram inevitáveis. Nada que afetasse mãe e filho, que, no fim, teve sucesso e passou sem perder pontos.

"Saí do carro e todo mundo começou a olhar estranho, dar risada, mas foi de boa. Tirei a foto para mostrar pro meu pai e depois para meus amigos. Coloquei no Face e duas horas depois já estava com mais de mil curtidas. Foi duplicando, triplicando. Depois, não parava mais", conta o rapaz.

Segundo ele, essa foi a primeira vez que um post dele viralizou. "É legal, mas não estou acostumado. Minha mãe gostou. Tô dando risada".

Hoje fui fazer o exame prático de moto, chegando lá fui barrado por estar de bermuda. Nunca iria perder esse exame, por sorte minha mãe estava comigo e fui aprovado kkkkk 

Em busca de uma calça

Bruno havia chegado com antecedência de 20 minutos ao local da prova e foi possível pensar alternativas para solucionar o problema. No entanto, não dava tempo de voltar em casa para se trocar. O encontro com um amigo - que usava calça comprida - parecia resolver a questão, mas ele prestaria prova no mesmo horário de Bruno.

A mãe, a psicóloga Eleni Hatamoto, conta que chegou a pedir ajuda em uma vidraçaria.

"Tive a ideia de entrar numa vidraçaria e perguntar para o dono se tinha uma calça [de funcionários] sobrando, mas ele disse que não. Perguntei se teria alguma loja na região para comprar e ele desconhecia", conta.

Foi então que os dois se olharam e perceberam que a solução era muito mais fácil.

"Tivemos a ideia de trocarmos: eu vestir o shortão dele e ele vestir a minha legging. Foi a sorte! Se eu estivesse com outra roupa, ele perderia a prova", lembra.

"Mãe é mãe, né. Foi supertranquilo. Minha mãe sempre está comigo", diz Bruno.

Bruno Hatamoto e a mãe: 'Minha mãe sempre está comigo'
 (Foto: Bruno Hatamoto/Arquivo pessoal)

Só calça comprida

De acordo com o manual do Detran, a prova prática de direção tem exigências quanto à vestimenta no dia do exame. Não é permitido o uso de saias, vestidos, shorts ou bermudas acima do joelho, regatas, roupas com decotes, bonés e óculos escuros. Especificamente em relação ao exame em veículos de duas rodas, o manual obriga o uso de calças compridas.

No entanto, Bruno afirma não ter recebido a orientação durante as aulas práticas.

"Não foi reforçado na autoescola. Só se foi na aula teórica, mas faz muito tempo que fiz. Fiz aula prática de shorts", completa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.