RADIO WEB JUAZEIRO : PRF FAZ ANÁLISE DO PERÍODO DE CARNAVAL

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

PRF FAZ ANÁLISE DO PERÍODO DE CARNAVAL

Operação Carnaval registra uma morte por acidente e prisão por corrupção ativa em Petrolina

por Simone Marques 


A Operação Carnaval 2018 da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que teve início às 7 h da última sexta-feira (9) e seguiu até a quarta-feira de cinzas (14), reforçando a fiscalização, policiamento e ações educativas nas vias de acesso aos principais polos de festa do país, apresentou “números satisfatórios” em Petrolina como afirma o inspetor-chefe do órgão, Paulo Lima.

Em todo o Brasil, a PRF registrou 249 acidentes graves e 87 óbitos nas rodovias federais. Os números são menores que os do ano passado, quando foram registrados 309 acidentes graves e 131 óbitos até a terça-feira de Carnaval. De acordo com Paulo Lima, foram realizadas 462 fiscalizações em Petrolina. Uma pessoa foi presa em flagrante por corrupção ativa, que é oferecer vantagem indevida a um funcionário público, em troca de algum tipo de favor ou beneficio, com reclusão de dois a 12 anos. Uma das variáveis que mais influenciam nos casos de acidentes de trânsito, um carro foi flagrado com excesso de velocidade a 147 km/h na Ponte Presidente Dutra, onde o limite é 50 km/h. Além disso, um acidente fatal foi registrado na BR-407, em Juazeiro, na Bahia.

Para garantir a segurança nas rodovias, a PRF orienta os motoristas a descansarem bem antes de pegar a estrada e fazer revisões periódicas no veículo, além de verificar se a documentação pessoal e do veículo estão atualizadas. O órgão determina ainda que os motoristas mantenham uma distância segura dos outros veículos, respeitem os limites de velocidade, ultrapasse apenas com segurança e em locais permitidos pela sinalização e deixem o farol baixo ligado durante toda a viagem. Para evitar distrações, a PRF pede que os motoristas evitem mexer no aparelho de som do carro ou utilizem o celular durante a viagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.