RADIO WEB JUAZEIRO : A OPINIÃO DE LAURENÇO AGUIAR

quarta-feira, 28 de março de 2018

A OPINIÃO DE LAURENÇO AGUIAR

A DIREITA E SUAS INVESTIDAS EXTREMISTA E JÁ COM PRÁTICA FASCISTA/NAZISTA!

 Laurenço Aguiar



Os golpes históricos, assassinatos políticos conhecidos, às tentativas de evitar alguém de esquerda chagar ao governo, além das ameaças à quem pensa diferente e a combate, representam páginas sujas da nossa trajetória de vida social!... Tem sido evidente o sofrimento e a preocupação das pessoas vitimadas por essas diferentes e criminosas investidas de parte dos representantes da ideologia capitalista, em fase de selvageria!

Antes da criação do PT encabeçada por Lula em 10 de fevereiro de 1980, homens e mulheres de ideologia Socialista que militavam no PCB, PCdoB e outros (...), foram vítimas de perseguição, tortura, opressão, calúnia, morte, etc. A “direitona”, como se diz, não sabe conviver com o contraditório, nem ficar de fora do poder, muito menos ver a sua lucratividade, ilícita, sob ameaça.

Na Eleição de 1989, num claro confronto político eleitoral ideológico, entre direita X esquerda - a direita com algumas candidaturas no primeiro turno e candidatura de Collor de Mello, recebendo maior atenção deles, a candidatura Lula unificou a esquerda no segundo turno, onde os dois Projetos Políticos confrontaram com vitória apertada da direita. Uma onda de informações falsas contra Lula borrou essa disputa: “fechar igrejas evangélicas; tomar as terras de quem tinha; o homem perder o direito a mulher; trocar o hino e a bandeira &nb sp;do país; comer fígado de criança” (...),

Isso continuou sendo explorado nas campanhas de 1994 e 1998, contra Fernando Henrique Cardoso do PSDB!... Contra José Serra do PSDB em 2002 acrescentaram que Lula ia acabar com à aposentadoria dos velhos. Em 2006 e 2010 inventaram que a Dilma Rousseff ia obrigar o casamento de homem com homem e mulher com mulher; em 2014 contra Aécio neves do PSDB, exploraram a nova e legítima crise do capitalismo, com efeitos negativos na economia mundial, como se fosse culpa da presidenta Dilma Rousseff e do PT. Pós sua quarta derrota eleitoral seguida a direita liderada pelo PSDB, sem aceitar a derrota, ten tou tirar a Dilma via justiça, mas, não deu certo, e a partir daí criou dificuldades no Congresso nacional, impôs uma chamada “pauta bomba”, para atrapalhar o andamento do governo. De 2015 para 2016, uma articulação liderada por PMDB e PSDB engendraram um chamado “golpe de estado” (“golpe parlamentar, jurídico, midiático”) através do “impeachment”, que tirou a presidenta Dilma Rousseff do governo em nome do combate a corrupção, e empossaram um governo cheio de políticos que produziram provas, ou indícios fortes de provas das mais graves ilicitudes!

Tentaram acabar com o PT e destruir política e juridicamente o ex-presidente Lula, sem total sucesso, e agora atacam, inclusive, à bala, a caravana do Lula pelo Sul do País, após de dificuldade de ter um nome capaz de ganhar a Eleição de 2018, segundo pesquisas diversas de opinião pública!... Mesmo autoridades políticas dizendo que não sabe aonde a extrema direita quer chegar, se pode afirmar que ela quer se manter no governo, mesmo que seja através de uma chamada “intervenção militar”, sem preocupação com dores e clamores!

O maior cientista político da história Karl Marx disse: “a direita não fica fora do poder por muito tempo, nem se faz disputa com ela sem luta sangrenta, pois, eles provocam a briga, mesmo que a outra parte não queira”!... O momento é preocupante. O rumo da próxima campanha e do próprio País é uma incógnita - a realidade atual e para o futuro é de obscuridade, por ausência de compromisso mutuo com o Estado Democrático de Direito!


Laurenço Aguiar – Sento-Sé/Ba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.