RADIO WEB JUAZEIRO : ESCRAVIDÃO

sexta-feira, 16 de março de 2018

ESCRAVIDÃO

Empresa ligada a igreja é autuada por manter 565 trabalhadores em condição de escravidão
Foto: Ilustrativa


A empresa Nova Visão Assessoria e Consultoria, vinculada à Igreja Cristã Traduzindo o Verbo, foi autuada pelo Ministério do Trabalho por manter 565 trabalhadores em condição análoga à de escravidão. A autuação é parte da Operação Canãa - A Colheita Final, feita em conjunto com a Polícia Federal. As vítimas trabalhavam em nove fazendas de produção hortigranjeira do grupo, das quais seis em Minas Gerais e três na Bahia, e em estabelecimentos comerciais no estado de São Paulo, sendo cafés, restaurantes, casas comunitárias e um posto de gasolina. De acordo com o ministério, os autos de infração mencionam também o crime de tráfico de pessoas. Isso porque as vítimas eram aliciadas e hospedadas em casas comunitárias de São Paulo, onde eram doutrinadas e depois enviadas para o trabalho nos empreendimentos do grupo. Treze dirigentes do grupo econômico e da igreja foram presos por ordem da Justiça Federal ao longo da investigação. Dez seguem foragidos. A igreja foi autuada, além do trabalho escravo, porque 438 dos trabalhadores em condição ilegal sequer tinham registro em Carteira de Trabalho e 32 eram adolescentes em atividades proibidas para menores. Nas fazendas, os trabalhadores recebiam casa e comida pelo serviço que faziam, sem qualquer remuneração em dinheiro. No meio urbano, parte das vítimas não tinha garantido qualquer direito laboral e outros trabalhadores tinham a maioria dos direitos suprimidos. Apesar das condições, os auditores-fiscais não conseguiram retirar os trabalhadores das fazendas e dos outros empreendimentos para encaminhar ao Seguro-Desemprego para Resgatado, ação protocolar em casos do tipo. Segundo o auditor-fiscal Marcelo Campos, coordenador da operação, as vítimas não se achavam exploradas e diziam trabalhar em nome da fé e da coletividade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.