RADIO WEB JUAZEIRO : PETROLINA LARGANDO NA FRENTE

sábado, 31 de março de 2018

PETROLINA LARGANDO NA FRENTE

PETROLINA GANHA O PRIMEIRO CENTRO DE REFERÊNCIA EM ENERGIA SOLAR




A cidade de Petrolina, no sertão pernambucano, ganhou na tarde desta quinta-feira (29) a primeira etapa do seu Centro de Referência em Energia Solar (Cresp). A unidade, que foi inaugurada pelo prefeito Miguel Coelho (PSB) e pelo ministro de Minas e Energia, Fernando Filho (MDB), é a primeira em funcionamento no Brasil com este formato e servirá para pesquisas e desenvolvimento de matrizes energéticas renováveis. A estrutura também será utilizada para geração de energia para abastecimento interno da Chesf, reduzindo os custos da companhia.

O Centro fica situado na região do Pontal, zona rural de Petrolina. A estrutura tem área total de 45 hectares. Nessa fase, o ministro e o prefeito entregaram uma planta fotovoltaica com 7.600 módulos de geração de energia solar de 2,5 megawatts – o volume é suficiente, a grosso modo, para atender 60 mil famílias. Além da estrutura energética, foi inaugurado o prédio administrativo do Cresp, com ambientes para debates da evolução tecnológica, salas de monitoramento e laboratórios de pesquisa.

A primeira etapa do empreendimento já recebeu R$ 30 milhões em investimentos do Ministério de Minas e Energia e começa a produzir energia (em caráter de pesquisa) em abril. 

“No total, deixamos garantidos cerca de R$ 200 milhões para concluir esse Centro. Petrolina sai na frente dando um passo fundamental para o desenvolvimento da energia solar em nosso País”, disse o ministro.

Segundo o prefeito, a unidade de pesquisa também vai ajudar a cidade no processo de implantação de projetos pioneiros para energia renovável. Uma dessas ações é a criação de uma Parceria Público-Privada para produzir energia solar em todos prédios da Prefeitura de Petrolina. “Estamos escrevendo o nome na história da pesquisa e do desenvolvimento de energia sustentável do Brasil. Vamos ser, portanto, a primeira cidade do Brasil na geração de energia renovável na rede municipal”, adiantou Miguel Coelho.

A conclusão de todo o projeto do Cresp está prevista para o próximo ano. A unidade de pesquisa e tecnologia será gerenciada pela Chesf e contará com parcerias de universidades, institutos de pesquisa e da Prefeitura para o desenvolvimento de matrizes energéticas no Sertão do Estado.


Ascom PMP Foto: Jonas Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.