RADIO WEB JUAZEIRO : LADRÕES ROUBAM E PEDEM PERDÃO

quarta-feira, 2 de maio de 2018

LADRÕES ROUBAM E PEDEM PERDÃO

Ladrões furtam empresa e pedem 'perdão' em mensagem na parede: 'Miséria e desemprego atingiu a todos'

Empresário afirma que os criminosos também tomaram café no estabelecimento em Rio Preto. Caso será investigado.


Por Heloísa Casonato, G1 Rio Preto e Araçatuba
Após furto, criminosos pediram por desculpas com mensagem escrita na parede de uma empresa de Rio Preto (SP) (Foto: André Vinha/Arquivo Pessoal)

A polícia procura por criminosos que invadiram uma empresa de São José do Rio Preto e deixaram uma mensagem com "pedidos de desculpas". Os danos foram flagrados pelo dono do estabelecimento na segunda-feira (30). (Assista ao vídeo abaixo)

“Desculpe pela bagunça. Me perdoe, em nome de Jesus. A fome, a miséria e o desemprego atingiu a todos” diz a frase escrita com pincel atômico.

Em entrevista ao G1, o empresário Wilson Gonçalves contou que além do furto e da mensagem, os suspeitos também fizeram café no estabelecimento localizado na Avenida Mirassolândia, na Zona Norte da cidade.

Ladrões escrevem mensagem na parede após furto em empresa: 'Me perdoe, em nome de Jesus'

“Eu me senti impotente. Além de toda essa ousadia, eles arromabaram portas roubaram um computador, tablet, secadores de cabelo novos, talões de cheque, a fiação do prédio, ferramentas e máquinas menores que usamos no dia a dia, já que fabricamos peças para bicicletas”, explica.

Um boletim de ocorrência foi registrado e o caso será investigado pela Polícia Civil. Nenhum suspeito foi preso.

Ainda segundo Wilson, o prejuízo é de aproximadamente R$ 10 mil. “Além do prejuízo ser grande, o pior é ser ironizado com este tipo de mensagem. As empresas da região são sempre furtadas e nós, empresários, queremos mais segurança. Nós pagamos impostos e geramos emprego. É o mínimo que devemos ter porque essa sensação é horrível”, conclui.

'Me desculpe pela bagunça. Me perdoe', escreveram criminosos após furto a empresa de Rio Preto (SP) (Foto: André Vinha/Arquivo Pessoal)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.