RADIO WEB JUAZEIRO : HOMEM MANDOU O "GEMIDÃO" PARA A PESSOA ERRADA
segunda-feira, 16 de abril de 2018

HOMEM MANDOU O "GEMIDÃO" PARA A PESSOA ERRADA

Homem é processado por causa do ‘Gemidão do Whatsapp’ no Piauí

Foto: (Divulgação/Internet)

O “gemidão do whatsapp” se tornou uma das maneiras mais populares de “trollar” os amigos que usam o aplicativo. Quem nunca abriu uma mensagem, a primeira vista inofensiva, e de repente foi surpreendido com um áudio reproduzindo um gemido altíssimo retirado de um filme pornô?

Foi isso que um homem fez na cidade de Pio IX, no sul do Piauí. Porém, para ele a “zueira” não acabou bem. Rogério Antão escolheu a pessoa errada para brincar: a prefeita da cidade, Regina Coeli. O homem divulgou um vídeo com a imagem da prefeita, como se ela estivesse em uma entrevista, com o famoso “gemidão”.

A ‘brincadeira’ não acabou bem


O resultado não foi bom. O brincalhão foi processado e condenado a gravar um vídeo pedindo desculpas para a prefeita dizendo as seguintes palavras:“Meu nome é Rogério Antão e quero aqui me retratar da postagem ofensiva que fiz a prefeita Regina, pedindo as minhas mais sinceras desculpas e me comprometendo a respeitá-la”.


Em audiência ocorrida no dia 5 de abril, no Fórum da cidade, o juiz José Eduardo Couto de Oliveiradisse que o réu concordou em fazer a retratação. Já o advogado do homem informou ao G1 que o seu cliente não tem interesse em falar e que cumpriu o que foi acordado em audiência.

Prefeita Regina Coeli disse que sentiu ofendida de forma pessoal 
(Foto: Divulgação/Prefeitura de Pio IX)

Ainda na entrevista ao portal de notícias, Regina Coeli disse que entrou com a ação por ter se sentido ofendida enquanto pessoa e não por ser política. “Entrei com o processo como cidadã, porque achei que fui exposta por isso e não pelo fato de ser prefeita. Se ele tivesse feito uma crítica à administração, mas eu fui atingida enquanto pessoa”. E continuou, “eu queria com essa ação era me assegurar de que eu não seria mais atingida dessa forma. Existe livre expressão, mas nem todos estão preparados para isso. Muitas vezes se excedem. Falta educação, respeito e bom senso. Quando isso acontece é preciso recorrer ao judiciário”.
O gemidão

Pra quem não usa o aplicativo, a “brincadeira” funciona da seguinte maneira: um usuário recebe uma mensagem, que pode ser em áudio ou em vídeo, a primeira vista inofensiva. Quando ele começa a reproduzir, toca um só bem alto de um gemido de uma relação sexual. O resultado disso é um momento muito constrangedor pra quem recebe o conteúdo, principalmente se estiver sem o fone de ouvido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.