RADIO WEB JUAZEIRO : PILOTO TRANQUILO CONSEGUE POUSAR AVIÃO DEPOIS DA EXPLOSÃO DE UM MOTOR
quinta-feira, 19 de abril de 2018

PILOTO TRANQUILO CONSEGUE POUSAR AVIÃO DEPOIS DA EXPLOSÃO DE UM MOTOR

Passageiros elogiam calma da piloto durante acidente com morte

Da Redação
Tammie Jo Shults manteve a tranquilidade após motor explodir durante voo


A piloto do voo 1380 é considerada heroína por manter a calma e conseguir pousar a aeronave após saber que um motor explodiu, estilhaços da fuselagem quebraram uma janela e uma passageira foi sugada. Depois do acidente, os passageiros ressaltaram o comportamento de Tammie Jo Shults, 56 anos.

"Ela tem nervos de aço. Aquela mulher, eu a aplaudo. Vou mandar um cartão de Natal com um vale-presente por ter me colocado no chão. Ela foi sensacional", disse Alfred Tumlinson, do Texas, para a Associated Press.

“A maioria de nós, quando aquele motor explodiu, achou que estávamos meio pensando ‘bem, acho que já era’”, disse Peggy Phillips, para a emissora NBC. “Nos colocar no chão com um motor explodido e nos pousar em segurança é nada menos do que um milagre para mim. Ela é uma heroína, com certeza”, completou.

A tranquilidade da piloto fica evidente na conversa dela com a torre de comando do aeroporto quando relata o acidente. Ela informou sobre a explosão e foi questionada se o avião estava em chamas.

“Não, não está em chamas, mas parte dele está faltando”, disse. Em seguida, ela continuou: "Disseram que há um buraco e que alguém saiu". 

"Desculpe, você disse que tinha um buraco e alguém saiu?”, perguntou o controlador, sem acreditar. Calma, a piloto apenas diz que sim e pede apoio médico no momento do pouso.

Ela em seguida conseguiu aterrizar o avião de uma altitude de 313,684 pés para 10 mil pés em pouco mais de cinco minutos, pousando na Filadélfia. O avião tinha 149 pessoas a bordo. 

A passageira Jeniffer Riordan, 43 anos, que teve parte do corpo sugado para fora da aeronave, acabou morrendo no hospital. Outras sete pessoas ficaram feridas no acidente.

Tammie Jo Shults foi primeira mulher a pilotar caça na Marinha dos EUA

Marinha

O comportamento de Shults durante o acidente não foi a toa. Ela foi uma das primeiras piloto militar mulher dos EUA e foi a primeira a pilotar um caça F/A-18 Hornet para a Marinha do país.

Ela também foi treinadora de pilotos da Marinha antes de virar piloto comercial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.