RADIO WEB JUAZEIRO : UM ALTISTA ARTISTA

quinta-feira, 19 de abril de 2018

UM ALTISTA ARTISTA

Garoto com autismo constrói a maior réplica do Titanic feita com Lego


Aos dez anos, Brynjar Karl Birgisson iniciou um projeto ambicioso que iria mudar sua vida, mesmo sem saber. Inspirado por uma visita a um parque de Lego, na Dinamarca, o garoto islandês decidiu construir um Titanic todo feito com peças do brinquedo.

Levando a sério seu objetivo, ele montou um navio com cerca de oito metros de comprimento por 1,5 metro de altura, sendo considerada a maior réplica do tipo feita com Lego. Além do recorde, o Titanic de brinquedo o levou o menino também a outra conquista, sendo essa referente a sua luta contra o transtorno do espectro autista (TEA).

Foto: Divulgação/Pigeon Forge

RECONHECIMENTO

O esforço de Brynjar – que precisou de 11 meses e 56 mil peças de Lego para ser concluído – foi reconhecido pelo Titanic Pigeon Forge, um museu no Tennessee, Estados Unidos, todo dedicado ao navio. O resultado entrou em exposição no dia 20 de fevereiro, e estará disponível até 31 de dezembro deste ano.

“Nunca imaginei que meu projeto pudesse ter tanto impacto. Toda essa jornada me ajudou a sair da sombra do autismo. Eu continuo com autismo e vou continuar, mas eu me treinei para ser ‘o mais normal possível’, isso quer dizer que eu era totalmente incapaz de me comunicar quando comecei o projeto e agora eu me sento e consigo dar entrevistas”, disse ele na página oficial do museu.

O garoto explica que, aos dez anos quando começou a construir o Titanic, uma pessoa o ajudava durante todas as atividades da escola. “Hoje eu estudo sem qualquer apoio. Minhas notas subiram e meus colegas de turma me consideram como um dos seus pares”, conta.

Foto: Reprodução/Twitter
AJUDA ESPECIAL

Para a montagem das peças, o jovem islandês contou com uma ajuda essencial dos seus pais durante o processo. “Meu pai me ajudou com as instruções e fez a planta do navio para a escala do Lego”, disse. “Já minha mãe foi minha técnica e mentora. Ela ajudou a encontrar caminhos para o sonho se tornar realidade”, conta, explicando que ela foi a responsável por comprar peças, ferramentas, organizar contato com a imprensa e visitas ao projeto. “Muitos obstáculos que uma criança não poderia superar”, finaliza.


Pigeon Forge, TN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.