RADIO WEB JUAZEIRO : ATOR DE 80 ANOS ACUSADO DE ASSÉDIO SEXUAL
quinta-feira, 24 de maio de 2018

ATOR DE 80 ANOS ACUSADO DE ASSÉDIO SEXUAL

Morgan Freeman é acusado de assédio sexual por oito mulheres

Bruno Yonezawa 


O ator Morgan Freeman, de 80 anos, foi acusado de assédio sexual e má conduta por oito mulheres diferentes. Além disso, há outras oito pessoas que dizem ter testemunhado seus comportamentos abusivos e inadequados. Uma investigação realizada pela emissora norte-americana CNN indica que tais condutas aconteceram nos sets de gravações, na divulgação dos filmes e na empresa de produção de Freeman, a Revelations Entertainment.

Entre as acusações direcionadas ao ator, estão relatos de comentários sobre o corpo das mulheres com as quais trabalhou, bem como contatos físicos indesejados. Ao CNN, uma assistente de produção revelou que, em 2015, enquanto ela trabalhava no filme Despedida em Grande Estilo, ela foi sujeita a diversos meses de assédio. Ela alega que Freeman encostava nela repetidamente, sem permissão, colocando ou esfregando sua mão na cintura da funcionária, além de comentários sobre seu corpo e roupas.

Ela também relata a seguinte situação: "Ele tentou levantar minha saia, perguntando se eu estava vestindo roupas íntimas. Alan Arkin fez um comentário, dizendo para que ele parasse. Morgan ficou assustado e não soube o que dizer".

 Fornecido por Webedia SAS

Um membro da equipe de produção do filme Truque de Mestre contou à CNN que o ator "fez comentários sobre nossos corpos... Sabíamos que se ele estivesse por vir [...] não usaríamos roupas que nos servissem".

O canal de notícias ainda relata que algumas fontes entrevistadas pediram que as informações fornecidas não fossem incluídas na reportagem e que muitas das pessoas com as quais as repórteres entravam em contato já sabiam que o assunto seria sobre Morgan Freeman. Ao mesmo tempo, algumas pessoas que trabalharam com o ator disseram que nunca testemunharam comportamento questionável ou então relataram que ele foi um profissional de alto nível.

Uma das autoras da reportagem, Chloe Melas, contou que durante uma entrevista com Freeman, ele a cumprimentou e não largou sua mão enquanto analisava seu corpo. Na época, Melas estava grávida de seis meses. Além disso, ele disse "eu gostaria de estar ali" -- atitude gravada em vídeo, mas que não está disponível publicamente -- e em seguida, teria dito à repórter que ela "está madura". O uso de "madura" em inglês foi com o termo "ripe", utilizado para descrever a maturidade de frutas e outros comestíveis, e não pessoal.

A CNN entrou em contato com a assessoria de Freeman, mas até o momento de publicação desta notícia, não obteve resposta. Até o momento da publicação desta notícia, o ator também não fez nenhuma declaração sobre o assunto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.