RADIO WEB JUAZEIRO : HOMEM GANHA "PÊNIS BIÔNICO"
quarta-feira, 27 de junho de 2018

HOMEM GANHA "PÊNIS BIÔNICO"

Depois de nascer sem órgão sexual, homem ganha ‘pênis biônico’

O novo órgão sexual foi feito a partir da pele, músculos e nervos do braço esquerdo e da veia da perna direita

Por Da Redação


Andrew Wardle (Facebook/Reprodução)

Na última sexta-feira, Andrew Wardle, britânico de 44 anos, passou por uma cirurgia de implante para receber um “pênis biônico”. De acordo com o jornal britânico Daily Mail, Wardle nasceu com um defeito congênito conhecido com extrofia vesical de bexiga, má formação que atinge a uretra e a bexiga, que fica exposta para fora do abdômen. Para consertar o defeito, ele foi submetido a uma faloplastia peniana – geralmente utilizada para aumentar o tamanho do pênis.

“Eu passei 44 anos sem ter um órgão sexual. Pulei várias etapas importantes da vida de um adolescente, como perder a virgindade, por exemplo. Apesar de estar muito animado, eu não tenho pressa. Creio que demorarei um tempo até me acostumar com isso. Mas estou feliz, e agora sou diferenciado, quase um ciborgue”, disse, brincando.

Extrofia vesical de bexiga

Por causa da extrofia vesical de bexiga, a uretra e genitália de Wardle não se formaram completamente. Durante a infância, os médicos conseguiram mover a bexiga para dentro de seu corpo, mas ela era muito pequena e ele estava propensos a infecções, o que o levava ao hospital regularmente. Para corrigir o defeito congênito, ele passou por 15 cirurgias, uma delas para criar uma aberturar artificial que serviria de tubo urinário.

O drama de Wardle afetou outros aspectos da sua vida — sua mãe o deu para a adoção ainda bebê mas ele só foi adotado 18 anos depois.

Pênis biônico

O ‘pênis biônico’, nome dado por Wardle, foi criado a partir da pele, músculos e nervos do braço esquerdo e da veia da perna direita. Antes de receber o implante, o britânico passou por outros procedimentos cirúrgicos em 2014, nos quais ele removeu a bolsa de urostomia (local onde a urina era armazenada) e implantou um cateter para dar a ele maior praticidade na hora de fazer as necessidades fisiológicas. 

Depois de passar pela cirurgia, Wardle disse estar satisfeito e animado para o futuro. “Um cirurgião americano me disse que eu sou o dono do pênis mais caro do mundo agora. Estou muito satisfeito com o procedimento e com a assistência médica que recebi”, concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.