RADIO WEB JUAZEIRO : CORPO DE GRÁVIDA MORTA NO HDM SERÁ EXUMADO
quarta-feira, 18 de julho de 2018

CORPO DE GRÁVIDA MORTA NO HDM SERÁ EXUMADO

Juiz autoriza exumação do corpo de grávida morta no HDM e delegado solicita o exame de outra gestante

por Karine Paixão 


Após a autorização do juiz Gabriel Augusto Amario de Castro Pinto, será exumado o corpo de Milian Carvalho da Silva. A jovem de apenas 15 anos morreu em decorrência de complicações de um quadro de aborto dentro do Hospital Dom Malan. A mãe da adolescente, Emileide Carvalho denunciou aquela unidade de saúde por negligência e uma Comissão Especial de Inquérito foi instaurada na Câmara de Petrolina para averiguar a situação. Em entrevista ao Nossa Voz desta quarta-feira (18), o vereador, Ronaldo Cancão (PTB), integrante dessa comissão parlamentar, detalhou a tramitação que levou à permissão descrita.

“Uma conquista, um trabalho feito pelo delegado Daniel Moreira em conjunto com a comissão de inquérito e a gente tem a primeira conquista que é trazer a verdade para Petrolina referente a morte da jovem Milian. No dia 06 o dr. Gabriel Augusto, da vara criminal autorizou a exumação do corpo da jovem para concluir o inquérito e tirar uma série de dúvidas provenientes dos relatórios médicos encaminhados pelo Hospital do Dom Malan à Polícia Civil. Baseado nessa fundamentação, o delegado Daniel solicitou a exumação do corpo. Ele foi ouvido pela Comissão Especial de Inquérito a nosso convite, contribuímos muito com o andamento das investigações dos inquéritos, não um mas de quatro inquéritos”, revelou Cancão.

Ainda segundo o parlamentar, além do caso de Milian, a Polícia Civil deve viabilizar a exumação de outra gestante que faleceu no Dom Malan. “Está sendo feito um planejamento da Polícia Civil, juntamente com o IML para fazer a retirada do corpo, para fazer a devida necrópsia do corpo, tendo em vista alguns fatos ocorridos. Da mesma forma, com a nossa contribuição, estava parado há 5 meses por falta de depoimento do esposo, o caso da jovem que faleceu com 21 anos de idade, vinda da cidade de Remanso. Jovenilson era seu esposo e eu fiz um compromisso com delegado que nós da comissão localizaríamos ele. Ele esteve aqui na semana passada, foi ouvido pela comissão, depois foi ouvido pela Polícia Civil e o delegado também solicitou a o juiz a exumação do corpo da jovem que faleceu no dia 10 de outubro de 2017”. Gislaine Lopes, de 21 anos, morreu no Hospital Dom Malan em 02 de outubro de 2017, por causa de uma infecção generalizada.

Ao finalizar sua participação no programa, Ronaldo Cancão reforçou o trabalho da comissão especial e delimitou a data de apresentação dos fatos averiguados pelos vereadores integrantes. “Vamos ouvir o Cremepe amanhã, e está agendado para amanhã às 9h na sala das comissões e até o dia 10 de agosto a gente conclui os nossos trabalhos e vamos apresentar para vocês da imprensa e para a sociedade e vamos protocolar no Ministério Público Estadual, Ministério Público Estadual e no Cremepe o nosso trabalho que estamos realizamos”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.