RADIO WEB JUAZEIRO : CORRIDA ELEITORAL

quarta-feira, 18 de julho de 2018

CORRIDA ELEITORAL

Bolsonaro e Lula empatam no primeiro lugar em intenções de voto em SP, diz pesquisa

por Bruno Luiz
Foto: Sérgio Lima/ Poder360


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) aparecem empatados na liderança das intenções de voto em Sâo Paulo, maior colégio eleitoral do país. É o que aponta levantamento feito pelo instituto Paraná Pesquisas, divulgado nesta quarta-feira (18).

No cenário da pesquisa estimulada no qual Lula é incluído, Bolsonaro aparece com 21,1%, enquanto Lula aparece logo abaixo, 21% das intenções de voto. Como a diferença é de apenas 0,1%, ou seja, nas casas decimais, eles aparecem empatados. Logo depois, vem o ex-governador do estado, Geraldo Alckmin (PSDB), com 16,4%. Ele é seguido por Marina Silva (Rede), com 8%; Ciro Gomes (PDT), 4,9%; Alvaro Dias (Podemos), 4,1%; e João Amoêdo (Novo), 1,3%. Guilherme Boulos (PSOL), Manuela D'Ávila (PCdoB), Henrique Meirelles (MDB), Rodrigo Maia (DEM) e Flávio Rocha (PRB) – este último já retirou a candidatura – não chegaram a 1% cada. Não sabe atingiu 3,8%, enquanto 15,9% não votariam em ninguém.

Sem Lula

Já no cenário sem o ex-presidente Lula e com o ex-prefeito da capital paulista Fernando Haddad (PT) incluído, Bolsonaro assume a liderança com mais folga, mas empata tecnicamente com Alckmin. O candidato do PSL fica com 22,3% das intenções de voto, enquanto o tucano chega a 19%. Considerando que a margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, constata-se o empata técnico entre eles. 

Logo em seguida, aparece Marina Silva, com 10,4%. Atrás da pré-candidata, surgem Ciro (8,1%), Alvaro Dias (4,5%), Fernando Haddad (4%), João Amoêdo (1,4%), Manuela D’Ávila (1,2%) e Guilherme Boulos (1,1%). Meirelles, Maia e Flávio Rocha não chegaram a 1% cada. Sem o ex-presidente, crescem o número de eleitores que não votariam em ninguém. Enquanto no cenário incluindo Lula 15,9% dariam voto nulo, com ele fora da disputa, o percentual se amplia para 21,9%. Não sabe atingiu 4,5%.

A pesquisa ouviu 2 mil eleitores em 84 municípios de São Paulo, durante os dias 12 e 17 de junho. O levantamento tem nível de confiança de 95% e margem de erro de 2%, para mais ou para menos. Ele foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR-08361/2018.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.