RADIO WEB JUAZEIRO : DIA 4 DE JULHO - ANIVERSÁRIO DOS ESTADOS UNIDOS - MULHER ROUBA A CENA
quinta-feira, 5 de julho de 2018

DIA 4 DE JULHO - ANIVERSÁRIO DOS ESTADOS UNIDOS - MULHER ROUBA A CENA

Mulher escala a Estátua da Liberdade e se recusa a descer

Denise Chrispim Marin 
© Reprodução  - Policiais tentam contato com mulher: fim de festa com fogos de artifício para visitantes.

Uma mulher escalou o pedestal da Estátua da Liberdade, em Nova York, e ali permaneceu sentada na tarde desta quarta-feira (4), feriado de Independência dos Estados Unidos. Horas antes, seis pessoas foram presas por fazerem protesto contra a política de imigração da Casa Branca aos pés do mesmo monumento. Elas carregavam cartazes que diziam: “acabem com (a agência) de Imigração e Patrulha de Aduana” (ICE, na sigla em inglês).

A Polícia de Nova York retirou da Ilha da Liberdade, onde está o monumento, todos os visitantes, que aguardavam o espetáculo de fogos de artifício do Dia da Independência. O objetivo era se concentrar na mulher que o escalara. Ela ainda não foi identificada. Segundo a rede de televisão CBS News, a Polícia de Parques dos Estados Unidos foi chamada às 16h10 (17h10, horário de Brasília) para atender o caso. A mulher se recusava a descer.

Segundo o sargento da Polícia de Parques David Somma, a mulher não é considerada uma ameaça direta. Mas sua iniciativa de escalar a estátua é considerada uma uma “ameaça à segurança pública”. Ele informou não haver indicação do motivo que a levou a subir no monumento e disse que ela muda frequentemente de lugar e não se comunica com os agentes.

Por enquanto, Somma disse não ter informações que conectem a mulher ao grupo de manifestantes preso anteriormente. Os ativistas fazem parte do grupo Levante e Resista, que se opõe à política de imigração do presidente americano, Donald Trump. Segundo a Polícia de Nova York, normas federais proíbem a exibição de cartazes em monumentos públicos.

Confira imagem da rede de televisão ABC:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.