RADIO WEB JUAZEIRO : SÉRGIO CABRAL É LEVADO PARA A SOLITÁRIA
terça-feira, 24 de julho de 2018

SÉRGIO CABRAL É LEVADO PARA A SOLITÁRIA

Ex-governador teria questionado determinação de promotor do MPRJ

Por ADRIANA CRUZ

Ex-governador Sérgio Cabral - Giuliano Gomes / PR PRESS


Rio - Está nas mãos do juiz da Vara de Execuções Penais (VEP), Rafael Estrela, a decisão de manter o ex-governador Sérgio Cabral no isolamento. A ordem para o político ir para a solitária partiu do promotor André Guilherme Freitas, sob alegação de que Cabral se recusou a colocar as mãos para trás e voltar a cabeça para a parede durante uma inspeção do Ministério Público no Complexo de Gericinó, em Bangu, pela manhã. Agora à tarde, Estrela determinou que o juiz de fiscalização fosse ao presídio ouvir o ex-governador. 

Por enquanto, segundo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), a ordem é manter Cabral sozinho na cela.

De acordo com a defesa de Cabral, André Guilherme teria entrado na Ala E e dito aos detentos que abaixassem a cabeça e se voltassem para a parede. O ex-governador teria questionado a determinação e foi encaminhado para isolamento. A informação foi antecipada pelo portal G1.

Em nota, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou que o promotor efetuou uma supervisão de rotina no Presídio Pedrolino Werling de Oliveira. "Na galeria onde se encontra o apenado Sérgio Cabral, este demorou a sair da cela e não se colocou em posição de respeito, como é de praxe durante inspeções judiciais, ministeriais ou da própria Seap. O promotor determinou verbalmente que o citado apenado fosse colocado na cela em isolamento", disse a pasta no texto. 

Ainda segundo a Seap, já foi instaurado o procedimento disciplinar próprio em relação à conduta do interno em tela e também já foi comunicado o ocorrido ao juiz titular da VEP, a quem cabe a decisão final sobre as consequências do comportamento do custodiado. O advogado de Cabral, Rodrigo Roca, informou ainda que processará André Guilherme 'por danos psicológicos causados ao seu cliente'.


O dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.