RADIO WEB JUAZEIRO : TURISTA FOI APARTAR UMA BRIGA E ACABOU SENDO ESFAQUEADO

terça-feira, 31 de julho de 2018

TURISTA FOI APARTAR UMA BRIGA E ACABOU SENDO ESFAQUEADO

Turista é morto a facadas ao ajudar guarda-vidas espancado em praia de SP

Vítima foi esfaqueada por dois homens que agrediam bombeiro em Bertioga, no litoral paulista. Dupla foi presa em flagrante.

Por G1 Santos
Gerson Barbosa, 39, foi esfaqueado ao tentar defender bombeiro em Bertioga, SP (Foto: Arquivo Pessoal)

Dois homens foram presos em flagrante após esfaquearem e matarem um turista na praia do bairro Enseada, em Bertioga, no litoral de São Paulo. A vítima, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP), tentava proteger um guarda-vidas que era agredido pela dupla. A informação foi confirmada ao G1 na manhã desta terça-feira (31).

Segundo informações da polícia, o bombeiro militar advertiu, na praia, o estampador Marcos Pereira da Silva, de 32 anos, e o auxiliar de serviços gerais Carlos Cesar Costa da Silva, de 35, que tinham retirado uma placa de sinalização de perigo no mar, colocando em risco a integridade física de outros banhistas que estavam no local.

O relato no boletim de ocorrência indica que Marcos e Carlos começaram a xingar o bombeiro, que os alertou sobre o desacato. A partir desse momento, ambos passaram a agredir o militar, que estava desarmado e solicitou apoio de outros colegas via rádio. Banhistas próximos notaram a ação e resolveram agir.

O autônomo Gerson Barbosa, de 39 anos, morador de Mogi das Cruzes, interior paulista, e que passava o dia na praia com a família, foi ajudar o guarda-vidas. A Polícia Civil informou que ele tentou apartar a briga e acabou esfaqueado gravemente pelos dois amigos.
Caso foi registrado na Delegacia Sede de Bertioga, SP
 (Foto: Reprodução/TV Tribuna)

A Secretaria de Segurança Pública informou, ainda, que testemunhas viram quando Marcos saiu do meio da confusão para buscar uma faca no carro dele, estacionado na avenida da praia. Ele e Carlos, juntos com familiares, fugiram após a agressão em dois veículos diferentes.

A Polícia Militar já havia sido alertada a respeito do bombeiro, alvo das agressões, e sobre a ocorrência, e equipes conseguiram interceptá-los entre a Rodovia Rio-Santos e a Rodovia Mogi-Bertioga. Ambos foram detidos e encaminhados à Delegacia Sede da cidade para averiguação.

Enquanto isso, Gerson foi encaminhado em estado grave por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Pronto-Socorro do Hospital Municipal, mas não resistiu, logo após dar entrada na emergência. O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML).

O bombeiro também foi levado ao hospital com fratura no pé e diversos ferimentos pelo corpo, mas recebeu alta médica após atendimento. Marcos e Carlos foram presos em flagrante por homicídio simples, lesão corporal e desacato, e estão presos à disposição da Justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.