RADIO WEB JUAZEIRO : A BANDA PODRE DA POLÍCIA MILITAR
quarta-feira, 15 de agosto de 2018

A BANDA PODRE DA POLÍCIA MILITAR

Grupo de policiais é detido sob suspeita de tráfico no interior de São Paulo


Operação Tio Genésio atuou nas cidades de Campinas, Sumaré, Hortolândia, Mogi Mirim, Sorocaba, Bauru e São Carlos
(Foto: Reprodução | Lícia Mangiavacchi/EPTV)
VN


Nesta última terça-feira (14) uma quadrilha de 32 policias militares e setes policiais civis foram presos na suspeita de tráfico de drogas, corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro. A Operação Tio Genésio atuou nas cidades de Campinas, Sumaré, Hortolândia, Mogi Mirim, Sorocaba, Bauru e São Carlos, todas no interior de São Paulo.

De acordo com publicação do portal R7, a operação foi um trabalho realizado em conjunto do Gaeco (Gruo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), Ministério Público do Estado de São Paulo, Corregedoria da Polícia Militar e 2º e 3º Batalhão de Choque da PM.

De acordo com investigações, as atividades dos grupo seriam responsáveis por movimentar cerca de R$ 150 mil por mês. O juiz Nelson Augusto Bernandes de Souza foi o autor dos pedidos de prisão temporária.

O MP-SP afirma que os traficantes da região contavam com o apoio dos agentes militares que, “em troca de vantagens indevidas omitiam-se no cumprimento de suas funções no combate ao tráfico e ainda forneciam informações a respeito de operações policiais desenvolvidas por Batalhões Regionais, pesquisas pessoais e veiculares”.

A Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo garantiu que não “não compactua com desvios de conduta por parte de seus integrantes”. Ainda segundo eles, os PMs presos podem até serem expulsos da corporação.Ao todo, 320 policiais participaram da ação, distribuídos em 100 carros da PM. Segundo o MP-SP, as investigações sobre o caso seguem sob em sigilo. Com a quadrilha, foram apreendidas armas com numeração raspada e drogas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.